Turquia detém repórteres do “Cumhuriyet”


31/10/2016


14jan2015-policiais-fazem-guarda-em-frente-ao-jornal-cumhuriyet-em-istambul-na-turquia-o-jornal-divulgou-nesta-quarta-feira-14-trechos-da-primeira-edicao-da-revista-francesa-charlie-hebdo-apA Polícia da Turquia fez nesta segunda-feira (31) uma operação contra o jornal “Cumhuriyet”, um periódico da oposição de centro-esquerda, e deteve seu editor-chefe, Murat Sabuncu, entre outros jornalistas.

Os agentes detiveram Sabuncu em sua casa, que foi revistada, da mesma forma que o redator Guray Öz, detido em sua casa em Ancara, informou o próprio jornal em seu site, segundo a agência Efe.

A casa de Akin Atalay – membro do conselho de edição, que está atualmente no exterior – também foi revistada.

O jornal Yeni Safak, pró-governo, relatou em seu site que o jornal de oposição estava sendo investigado por supostas ligações com o clérigo Fethullah Gulen, radicado nos Estados Unidos e acusado por Ancara de orquestrar um golpe fracassado em julho. Eles também são suspeitos de ter ligações com militantes curdos, segundo a Reuters.

O ex-editor-chefe do Cumhuriyet Can Dundar foi sentenciado a 6 anos de prisão após publicar segredos de Estado envolvendo operações de Ancara na Síria. Sua condenação gerou críticas de grupos de direitos humanos e governos do Ocidente, que expressaram preocupação com a situação na Turquia sob comando do presidente Tayyip Erdogan.

 

 

Siga a abi

© 2013 ABI - Associação Brasileira de Imprensa – todos os direitos reservados -Rua Araújo Porto Alegre, 71 - Centro, Rio de Janeiro - RJ, Cep: 20030-012