Três mil protestam contra demissões na Argentina


10/06/2016


prensa_argentinaCerca de três mil jornalistas realizaram uma manifestação, no último dia 8, em Buenos Aires, para protestar contra as demissões e reivindicar melhores salários para a categoria.

A agência da AFP registrou que os manifestantes denunciaram o corte de 2.500 funcionários dos veículos de comunicação públicos e privados nos últimos seis meses em todo o país. Em Buenos Aires, foram mil, indica uma pesquisa do Sindicato de Imprensa de Buenos Aires (SIPREBA).

O Portal Imprensa publicou informação do sindicato de que há “salários mais baixos que o valor da cesta básica”, que a consultora privada FIEL registrou em abril – 10 mil pesos (US$ 714) em Buenos Aires. O salário mínimo no país gira em torno de 450 dólares.

A manifestação ocorre em meio a uma série de atos mobilizados pelos argentinos após o aumento das tarifas de água, luz e gás de usuários residenciais, das pequenas e médias empresas e de diversos sindicatos.

Siga a abi

© 2013 ABI - Associação Brasileira de Imprensa – todos os direitos reservados -Rua Araújo Porto Alegre, 71 - Centro, Rio de Janeiro - RJ, Cep: 20030-012