18 de agosto de 2022


Super Rádio Tupi é vendida e deve mudar de nome


06/01/2017


Foto: Divulgação

O Portal Comunique-se publicou reportagem sobre a venda da Super Rádio Tupi do Rio de Janeiro, que pertencia aos Diários Associados, para o empresário Paulo Masci Abreu. O negócio foi fechado justamente no momento que a emissora atravessa uma crise financeira, com funcionários em greve desde o último dia 30 por conta de atrasos de salários e o 13º.

O empresário não entrou em detalhes a respeito da compra da emissora, muito menos em relação aos funcionários que estão em greve, apenas confirmou a transação.

Segundo a publicação, Paulo Masci Abreu está montando rede de rádios que deve ter a mesma programação nas cidades de São Paulo, Santos, Campinas, Mogi e, muito provavelmente, Rio de Janeiro. Com a aquisição, a Top FM pode voltar a ser Super Tupi – nome retirado há alguns anos por determinação da justiça –, outra possibilidade é ter novo nome, como, por exemplo, Rede de Rádio da Cidade.

Segundo o Comunique-se, o problema com a falta de pagamento começou há um ano e meio e, desde então, os trabalhadores da rádio vêm recebendo salários em parcelas aleatórias. O 13º do ano passado não foi pago, tampouco o deste ano. A situação se agravou com a consequente precarização do trabalho.

Siga a abi

© 2013 ABI - Associação Brasileira de Imprensa – todos os direitos reservados -Rua Araújo Porto Alegre, 71 - Centro, Rio de Janeiro - RJ, Cep: 20030-012