ABI recebe primeira denúncia pelo site, através do “SOS Jornalistas”


05/10/2015


claudete2

A jornalista e blogueira é ameaçada de morte (Foto: Reprodução)

A Associação Brasileira de Imprensa (ABI), através do “SOS Jornalistas”, manifestou sua preocupação diante de mais uma ameaça a um profissional de imprensa, que vem ocorrendo desde 2014, no município de cidade de Peruíbe, litoral sul de São Paulo. Essa é a primeira denúncia ao “SOS Jornalistas”, ocorrida na sexta-feira (02/10). A jornalista e blogueira Claudete Andreotti, enviou e-mail onde pede ajuda à entidade.

Depois de checada, a ABI encaminhou a denúncia ao Assessor de Imprensa da Secretaria Nacional de Segurança Pública do Ministério da Justiça, Allan de Carvalho Silva, que se comprometeu a adotar as providências necessárias a fim de esclarecer os fatos.

A autora do blog Boca de Rua sofreu um suposto assalto ou tentativa de homicídio em frente ao seu escritório em novembro de 2014, em razão das críticas que divulga contra as autoridades da cidade. A informação foi noticiada inicialmente pelo apresentador do programa Na Mira, da TV Vale das Artes, Cristen Charles, através do seu perfil no Facebook. A diretora comercial do jornal A Voz do Litoral Sul, de Peruíbe, Claudia Dib, também relatou em seu perfil na rede social, que esteve no escritório do Boca de Rua, onde a blogueira sofreu o atentado. Na ocasião, ela também informou que houve tiros , que quase atingiram seu marido e amigos.

— Pelas filmagens dá para ver a dimensão do fato, pois houve disparos à queima roupa de uma pistola 380 e um revólver calibre 38 no peito do meu marido e outros disparos foram nos meus amigos.

No momento do crime, a cena foi gravada por uma câmera de monitoramento bem próxima ao local. Com a gravação, Claudete afirmou que espera que a polícia consiga identificar os criminosos.

A jornalista é conhecida no município pelo seu blog de denúncias políticas, tanto contra o poder Executivo, quanto ao Legislativo. Está sempre presente em todas as sessões da Câmara da cidade, onde grava com seu smartphone os principais discursos e decisões na Casa de Leis e divulga os seus vídeos na internet.

Ainda segundo a denúncia, a vítima alega que estão ocorrendo procedimentos “duvidosos” na Delegacia Sede de Peruíbe em São Paulo. Ela pede que o caso seja apurado com rigor e que se esclareça o sumiço do inquérito policial instaurado na época.

Diante das diversas violências cometidas contra jornalistas no país nos últimos anos, como os assassinatos dos jornalistas Rodrigo Neto e Evany José Metzker, em Minas Gerais, por exemplo, a ABI considera fundamental o empenho das autoridades para o esclarecimento dos fatos denunciados pela jornalista. “Fatos como este tolhem o livre exercício dos jornalistas e o direito à informação de todos os cidadãos”, disse o Vice-presidente da ABI Paulo Jerônimo.

Assista abaixo ao vídeo do atentado:

 

Siga a abi

© 2013 ABI - Associação Brasileira de Imprensa – todos os direitos reservados -Rua Araújo Porto Alegre, 71 - Centro, Rio de Janeiro - RJ, Cep: 20030-012