Diário do Nordeste e TV demitem 12 jornalistas


13/05/2016


222222222A Federação Nacional dos Jornalistas (FENAJ) divulgou, junto com o Sindicato dos Jornalistas Profissionais no Estado do Ceará (Sindjorce), nota de repudio sobre a demissão imotivada de 12 jornalistas no Sistema Verdes Mares de Comunicação, ocorrida na última semana. Os trabalhadores foram dispensados da TV Diário e do jornal Diário do Nordeste, que também desligou quatro estagiários. Fala-se em 23 demissões, ao todo, incluindo setores como o Marketing e Administrativo.

O grupo de comunicação da família Queiroz admite que determinadas demissões ocorreram pelo simples motivo de dispensar profissionais com mais tempo de serviço e salários maiores.

De janeiro a dezembro de 2015, o Diário do Nordeste demitiu sem justa causa 22 jornalistas, sendo dez deles no mês de novembro. Este ano, até abril foram quatro desligamentos imotivados homologados pela assessoria jurídica do Sindjorce.

No dia 2 de abril, o jornal de maior circulação do Estado anunciou aos leitores que deixará de veicular sua edição dominical, “reunindo o conteúdo de sábado e domingo numa superedição, publicada aos sábados”. A maioria dos repórteres só soube da mudança pelo anúncio veiculado no próprio jornal.

O Sindjorce divulgou que se solidariza com os trabalhadores demitidos sem justa causa e coloca a assessoria jurídica da entidade à disposição para esclarecimentos sobre direitos trabalhistas e pagamento de verbas rescisórias. Segundo a instituição, os jornalistas demitidos terão direito ao pagamento do reajuste salarial retroativo, respectivamente a 1º de setembro de 2015, data-base do segmento de mídia impressa, e 1º de janeiro de 2016, no de mídia eletrônica.

Siga a abi

© 2013 ABI - Associação Brasileira de Imprensa – todos os direitos reservados -Rua Araújo Porto Alegre, 71 - Centro, Rio de Janeiro - RJ, Cep: 20030-012