Empossada nesta quarta-feira, 15, nova diretoria do Sindicato dos Jornalistas-SP


Por Cláudia Souza*

15/04/2015


SJSPgrande1

O Sindicato dos Jornalistas Profissionais no Estado de São Paulo (SJSP), fundado em 1937, realizou nesta quarta-feira, dia 15, a solenidade de posse da nova diretoria da entidade para o triênio 2015/2018. O jornalista Paulo Zocchi, funcionário da Editora Abril, sucederá José Augusto Camargo (Guto), que esteve à frente do sindicato nas últimas três gestões. A nova diretoria foi eleita com 653 votos em chapa única, a “Unidade e Luta” em eleições realizadas nos dias 24, 25 e 26 de março.

Após a solenidade, representantes do SJSP participaram das mobilizações pelo Dia Nacional de Paralisação, organizado pela Central Única dos Trabalhadores (CUT), quando foi apresentado um relatório do sindicato contrário à aprovação do projeto de lei 4330 no Congresso Nacional. No documento o sindicato afirma que “os jornalistas, que já sofrem com a pejotização, serão ainda mais prejudicados, caso o PL 4330 seja aprovado.

Leia abaixo o comunicado divulgado pelo SJSP:

“Quem acompanha a realidade das redações sabe que as empresas de Comunicação sempre buscaram precarizar os direitos trabalhistas da categoria. Não bastasse terem trabalhado contra a obrigatoriedade do diploma, os empresários desse setor são os grande apoiadores da retirada dos direitos dos trabalhadores. O SJSP denunciou as inúmeras irregularidades na pejotização em jornais, revistas, rádio, TV, internet, assessorias de imprensa e no setor público. “Quem acompanha a realidade das redações sabe que as empresas de Comunicação sempre buscaram precarizar os direitos trabalhistas da categoria. Não bastasse terem trabalhado contra a obrigatoriedade do diploma, os empresários deste setor são os grande apoiadores da retirada dos direitos dos trabalhadores.

O PL 4330, um projeto ocasiona uma desregulamentação desmedida do mercado de trabalho, abrangendo todos os setores da economia, colocando em sério risco as conquistas históricas dos trabalhadores, como as férias, o 13º salário e, principalmente, o depósito do Fundo de Garantia por Tempo de Serviço (FGTS). Além disso, fragmenta a representação sindical, pois legaliza a diferença de tratamento e direitos entre contratados diretos e terceirizados, enfraquecendo a unidade das categorias.

Durante a votação do PL 4330 no Congresso Nacional, apenas três partidos – PT, PCdoB e PSOL – orientaram seus parlamentares a se posicionarem contra o projeto. O Pros e o bloco formado por PRB, PTN, PMN, PRP, PSDC, PRTB, PTC, PSL e PTdoB liberaram o voto de suas bancadas. Já o PSDB, PSD, PR, PSB, DEM, PDT, Solidariedade, PPS, PV e o bloco composto por PMDB, PP, PTB, PSC, PHS e PEN determinaram voto a favor da terceirização, traindo os interesses da classe trabalhadora.”, diz o SJSP.

Leia abaixo a lista da nova Diretoria empossada nesta quarta-feira, dia 15.

Diretoria Executiva:

Presidente: Paulo Zocchi;

Secretário Geral: André Freire;

Secretária de Finanças: Cândida Rodrigues Vieira;

Secretário do Interior: José Eduardo de Souza;

Secretária de Cultura e Comunicação: Lílian Parise;

Secretária de Relações Sindicais e Sociais: Telé Cardim;

Secretária de Sindicalização: Ana Flávia Marques da Silva;

Secretário Jurídico e de Assistência: Vitor Ribeiro;

Secretária de Ação e Formação Sindical: Evany Sessa.

Conselho de Diretores: Wladimir Miranda; Alan Rodrigues; Thiago Cianga Tanji; Ricardo Vital; José Augusto Camargo; Ana Maria Minadeo de Moura; Michele Barros; Priscila Chandretti Vicente Vaz e Edvaldo Antonio de Almeida.

Conselho Fiscal: Rose Nogueira; James Rúbio e Flávio Carrança. Suplentes: Raul Varassim e Fernanda Freitas.

Corfep: Douglas Mansur; Alan Ricardo Covas e Solange Aparecida Melendez. Suplentes: Luigi Bongiovani e Márcia Quintanilha.

Regional Bauru:

Diretor Regional: Ricardo Epifânio de Santana.

Diretores de base: Luis Victorelli, Ieda Cristina Borges e Joanna Brandão Paes de Andrade.

Regional Campinas:

Diretor Regional: Agildo Nogueira Júnior.

Diretores de base: Hugo Arnaldo Gallo Mantellato; Edna Madolozzo e Marcos Aparecido Rodrigues Alves.

Regional Presidente Prudente:

Diretor Regional: Tânia Brandão.

Diretores de base: Altino Oliveira Correa; Everton dos Santos e José dos Reis.

Regional Piracicaba:

Diretor Regional: Martim Vieira Ferreira.

Diretores de base: Paulo Roberto Botão; Poliana Salla Ribeiro; Vanderlei Zampaulo; Patrícia Moraes Santana e Adriana Ferezim.

Regional Ribeirão Preto:

Diretor Regional: José Francisco Pimenta.
Diretores de base: Aureni Menezes; David Batista Radesca; Ronaldo Maguetas; Antonio Claret Gouvea; Fábio Lopes e Nilton Pinat Júnior.

Regional Santos:
Diretor Regional: Glauco Ramos Braga.
Diretores de base: Carlos Alberto Ratton; Eraldo José dos Santos; Emerson Chaves; Reynaldo Salgado; Diogo de Oliveira Caixote e Denise Beatriz Neves.

Regional São José do Rio Preto:
Diretor Regional: Sérgio Sampaio.
Diretores de base: José Luis Lançoni; Igor Sorenti e Joselito Paganelli.

Regional Sorocaba:
Diretor Regional: Fabiana Caramez.
Diretores de base: José Antonio Rosa; Aparecida Vitalina Muniz e Riana Kelly Pires Martins.

Regional Vale do Paraíba:
Diretor Regional: Fernanda Soares Andrade.
Diretores de base: Vanessa Gomes de Paula; Bruna Briti Vieira Guimarães; Camões Ribeiro do Couto Filho e Nilton Cardin.
Regional ABCD:
Diretor Regional: Peter Suzano.
Diretores de base: Carlos Eduardo Bazilevski; Vilma Amaro; Manuel Alves dos Santos e Erica de Aragão Peixoto.

*Com informações do SJSP

Siga a abi

© 2013 ABI - Associação Brasileira de Imprensa – todos os direitos reservados -Rua Araújo Porto Alegre, 71 - Centro, Rio de Janeiro - RJ, Cep: 20030-012