Sábado, dia 3, Trem do Samba comemora Dia Nacional do Samba


01/12/2022


Dia 2 de dezembro é o Dia Nacional do Samba. Para comemorar a data, o cantor e compositor Marquinhos de Oswaldo Cruz promove, no sábado (3), o tradicional Trem do Samba, o maior evento de samba depois do desfile das escolas de samba no carnaval.

O Trem do Samba, parte da Central do Brasil rumo a Oswaldo Cruz. Conduzido pelo músico e pesquisador Marquinhos de Oswaldo Cruz e com patrocínio da Prefeitura do Rio de Janeiro – via Secretaria Municipal de Cultura – o evento recebe shows de Paulinho da Viola, Dudu Nobre e Leci Brandão, entre muitos outros. Marcado para um dia depois do Dia Nacional do Samba, o evento contará com três palcos instalados no entorno da estação de Oswaldo Cruz. O anfitrião recebe o público na Central do Brasil a partir das 15h, acompanhado das velhas guardas de Mangueira, Império Serrano, Salgueiro e Vila Isabel.

Para embarcar, basta levar 1kg de alimento não perecível e trocar pelo bilhete de acesso. Serão três viagens (sem parada) sentido Zona Norte: 18h04, 18h35 e 19h15. São 1,8 mil vagas (sentado ou em pé) a cada partida, e o passeio dura aproximadamente 20 minutos. Depois de animar a Central, as Velhas Guardas seguem no primeiro trem junto com Marquinhos de Oswaldo Cruz, assim como outros bambas escalados para agitar as outras viagens.

Segundo Marquinhos, o projeto é inspirado no trajeto que Paulo da Portela fazia nos anos 1920. A data foi escolhida pela SuperVia, que sugeriu ser sempre no primeiro sábado de dezembro. O momento mais esperado ocorre no palco Mestre Monarco, na Praça Paulo da Portela, onde Paulinho da Viola faz o show de encerramento. Serão 16 bares vendendo comes e bebes.

Confira a programação

Siga a abi

© 2013 ABI - Associação Brasileira de Imprensa – todos os direitos reservados -Rua Araújo Porto Alegre, 71 - Centro, Rio de Janeiro - RJ, Cep: 20030-012