8 de dezembro de 2022


Roland Garros expulsa tenista após assédio


31/05/2017


Tenista Maxime Hamou teve sua credencial suspensa e foi expulso de Roland Garros. Foto: AFP

O tenista francês Maxime Hamou teve sua credencial de Roland Garros suspensa nesta terça-feira, 30. A decisão foi tomada após o tenista número 287 do mundo assediar a repórter Maly Thomas, do canal Eurosport France , durante entrevista ao programa Avantage Leconte , na última segunda-feira.

Segundo o portal Terra, em comunicado oficial, a organização de Roland Garros divulgou o motivo para a retirada da credencial do tenista. “Foi decidido pela retirada da credencial de Maxime Hamou por considerarmos seu comportamento diante de uma jornalista como pouco apropriado”, escreveu, em nota.

O caso ocorreu na última segunda-feira. Após a derrota de Maxime Hamou para o uruguaio Pablo Cuevas logo na estreia, por 3 sets a 0 (6/3, 6/2 e 6/4), a repórter Maly Thomas tentou entrevistá-lo. No entanto, o tenista francês abraçou a jornalista e tentou por diversas vezes beijá-la no rosto a força.

Visivelmente incomodada durante o episódio, Maly Thomas desabafou em entrevista ao jornal Huffington Post . “Se não estivéssemos ao vivo, eu teria socado ele. Ele não mostrou uma boa imagem e apenas a destruiu. É uma situação desagradável, que reflete a relação entre homens e mulheres na vida cotidiana. Isto não deveria existir”, declarou a jornalista.

Após toda a repercussão negativa, Maxime Hamou também divulgou um comunicado para pedir desculpas. “Peço minhas mais profundas desculpas a Maly Thomas se ela se sentiu ferida e chocada por minha atitude durante a entrevista”, afirmou.

Além da retirada de sua credencial, Maxime Hamou foi expulso da atual edição de Roland Garros, não podendo mais ingressar no ambiente da competição.

Siga a abi

© 2013 ABI - Associação Brasileira de Imprensa – todos os direitos reservados -Rua Araújo Porto Alegre, 71 - Centro, Rio de Janeiro - RJ, Cep: 20030-012