3 de dezembro de 2022


Jornalista da Fundação Piiratini cumpre suspensão


07/06/2017


A partir deste desta quarta-feira, 7, o jornalista Alexandre Leboutte cumpre 30 dias de suspensão das suas atividades na TVE. A decisão partiu do presidente da Fundação Piratini, Orestes de Andrade Jr., que negou o recurso do servidor nesta semana. Durante este período, Leboutte não será remunerado. A informação foi confirmada por Orestes ao portal Coletiva.net. À reportagem, Leboutte disse que não se manifestará sobre o assunto e negou ter sido informado da suspensão.

Em abril, o presidente da Fundação Piratini montou uma Comissão de Processo Administrativo Disciplinar a fim de apurar se houve falta funcional por parte do funcionário da TVE que chamou o gestor de mentiroso em uma postagem no Facebook. A comissão – composta pelos servidores Cláudio Robles Nascimento, Luiz Gustavo da Rosa Moraes e Marcelo Vasconcelos da Silva – sugeriu a punição, que foi acatada por Orestes, embora o departamento jurídico da entidade tenha levantado a possibilidade de demissão por justa causa de Leboutte e de outros seis funcionários que curtiram a publicação. A estes, Orestes deu uma advertência por escrito.

Para o presidente do Sindicato dos Jornalistas Profissionais do Rio Grande do Sul (Sindjors), Milton Simas, a decisão é lamentável. “A postura do governo, representado na pessoa do presidente Orestes, é de retaliação”, informou à reportagem.

 

Siga a abi

© 2013 ABI - Associação Brasileira de Imprensa – todos os direitos reservados -Rua Araújo Porto Alegre, 71 - Centro, Rio de Janeiro - RJ, Cep: 20030-012