14 de agosto de 2022


Piazzolla, Vinicius e palavrões na semana 


08/01/2021


Comece seu final de semana assistindo a Piazzolla – os anos do tubarão (HBO), um emocionante documentário sobre a vida do maestro argentino que transformou o tango.  É de arrepiar ouvir seu bandoneon em Adios, nonino – que ele compôs após a morte do pai – e tocando com o saxofonista Gerry Mulligan. Outro documentário imperdível é Vinicius (Netflix), mostrando a vida, a música e os amores do poetinha. Tem mais um para você se divertir: A história do Palavrão onde o fuck é o mais comentado (ver tradução na apresentação abaixo). E ainda: 10 filmes sobre os dias mais tensos da história americana, mas não inclui o de quarta-feira passada.

Embora os 100 anos de Zé Kétti só aconteçam em 16 de setembro, as homenagens começam na quinta-feira, 14, no CCBB, com show Eu sou o samba, mas tome cuidados especiais porque é presencial: máscara, muito álcool gel e não se aglomere. Vacina só no fim do mês com sorte e algum juízo do governo brasileiro. Boa semana e menos calor para todos.

SÉRIES  

Netflix  

Beforeigners(“pessoas do passado”), série norueguesa de seis episódios com uma história surreal de suspense de ficção científica e acompanha um novo fenômeno que começa a acontecer em todo o mundo. Poderosos flashes de luz ocorrem no oceano e pessoas do passado aparecem, vindo de três era diferentes: a Idade da Pedra, a Era Viking e o final do século XIX. A partir de amanhã (10/1).

A história do Palavrão com Nicolas Cage apresentando a série documental que viaja pela história dos palavrões. Os verbetes investigados são em inglês, mas dá para se divertir. Fuck, por exemplo, surgiu como fornication under the consente of the king (fornicação com o consentimento do rei). A série explora as origens e o impacto social dos palavrões com depoimentos de especialistas em etimologia, historiadores e comediantes como Nicolas Cage. No ar desde terça-feita (5/1).

Cobra Kai – chegou a terceira temporada da série que conta com astros do longa original: Karatê Kid – a hora da verdade (1984) que se encerra na luta de Daniel LaRusso (Ralph Macchio) e Johnny Lawrence (William Zabka). Nessa temporada, Johnny Lawrence, o antagonista da história original, hoje um fracassado faz-tudo que busca redenção ao reabrir sua academia de artes marciais, Cobra Kai. E aí reacende sua rivalidade com o agora bem sucedido Daniel LaRusso, dono de uma concessionária de automóveis que tem lutado para manter o equilíbrio na vida sem orientação de seu mentor, Sr. Miyagi ( Pat Morita, morto em 2005). Destaque também para a figura de John Kreese como verdadeiro vilão de Cobra Kai.

Dix pour cent – em três temporadas ( a quarta está chegando e já passa na França)

Headspace- Meditação guiada – essa empresa é um fenômeno no mundo depois de popularizar e desmistificar a meditação. Estreou na Netflico com uma série de oito episódios de 20 minutos cada, conduzida pelo ex-monge budista Andy Puddicombe. Os episódios propõem técnicas que podem trazer benefícios para o corpo e mente. A meditação guiada encerra cada capítulo.

A desordem que ficou – série espanhola tem histórias de mistério cheias de truques. São oito episódios em que uma professora de literatura que gosta de poesia de Sylvia Plath aparece morta. Os alunos reagem mal à professora substituta que deve descobrir o assassino.

Bridgerton – série que retrata a Inglaterra do século XIX. Mostra o comportamento de moças e rapazes da época e lindos prédios, palácios e mansões que poderão ser visitados na vida real quando acabar a pandemia. em Londres e seus arredores, Bath e Salisbury.

Lupin – a partir de hoje, 6ª,  a Netflix exibe a série francesa onde “Arsène Lupin, o ladrão de casaca” em que Assane Diop (Omar Sy) enfrenta a morte do pai, acusado de um crime que não cometeu. Depois de 25 anos se vinga, com a alcunha do personagem criado pelo romanciata Maurice Leblanc.

HBO – a partir de 2ª (dia 11/1),  A Peste ( não é baseada no livro de Albert Camus) é uma série espanhola ambientada na cidade de Sevilha na segunda metade do século XVI. Durante um surto de peste, um soldado foragido é preso por oficiais de justiça que poupam sua vida caso ele resolva uma série de crimes com conotações diabólicas.

FoxCall me Kat (Chame-me Kat) é uma mulher de 40 anos que larga a carreira de professora universitária para abrir uma cafeteria com o dinheiro que seus pais haviam guardado para seu casamento. Estreou na 2ª feira (4/1).

Globoplay

A cor do poder – filmada na África do Sul, a trama da série promove reflexões entre negros e brancos. Foca no romance impossível entre Sephy, filha de um político de destaque e integrante da “Elite”, classe dominante negra, e Callum, branco de classe baixa de escravos recém-libertados. A partir de domingo (11/1).

Por que as mulheres matam – inédita no Brasil, a série é sobre infidelidade em tramas misteriosas de assassinatos e acompanha a vida de três mulheres – interpretadas por Lucy Liu (As panteras), Ginnifer Goodwin, Kirby Howell-Baptiste – que vivem em uma mesma mansão , mas em épocas diferentes. Uma é dona de casa dos anos 1960, outra é uma socialite da década de 1970 e a última é uma advogada nos tempos atuais. São duas temporadas de dez episódios. Este mês.

Caminho zen – Fernanda Lima e Monja Coen apresentam os cinco episódios do programa.Elas refletem sobre tempo, desapego e transformações.

Doctor Who – neste episódio especial, a Doutora é trancada em uma prisão alienígena de alta segurança. Na Terra, seus melhores amigos Yaz, Ryan e Graham, descobrem um plano perturbador, envolvendo um Dalek, Como protagonista está a atriz Joddie Whittaker que também encarna o Senhor do Tempo na 12ª temporada, também disponível nessa plataforma.

PRIME VIDEO – Manhãs de setembro – a cantora Liniker é a protagonista desta série que gira em torno de Cassandra, uma mulher trans que abandona sua cidade para tentar a sorte em São Paulo como cover da cantora Vanusa, dividindo essa função com a de motogirl. Estreia este mês.

STARZPLAY – The stand (O suporte)) a série é estrelada por Whoopi Goldberg e baseada no romance pós- apocalíptico A dança da morte, de Stephen King, de 1978. O mundo é dizimado por um vírus que extermina 99% da população. Em um ambiente árido, os sobreviventes tentam juntar os cacos sob a liderança da anciã Mãe Abigail, de 108 anos, interpretada por Whoopi. Desde 2ª feira.

DISNEY+ – Lendas da Marvel – que relembra heróis das histórias em quadrinhos. O primeiro episódio é dedicado ao casal Wanda e Vision, que são Feiticeira Escarlate (codinome de Wanda Maximoff) e Visão. Estreou ontem (8/1). Dia 15/1, estreia Wanda Vision, tendo como protagonistas o casal acima que tenta levar uma vida normal em um bairro pacato, com uma sitcom clássica, o que não é possível porque Visão (Paul Bellamy) foi morto pelo vilão Thanos no filme Vingadores: Guerra Infinita.

Lendas da Marvel – são relembrados os heróis, vilões e momentos épicos de todo o MCU em preparação para as histórias que estão por vir como a série “Wandavision”, com estreia marcada para dia 15.

YOUTUBE e INSTAGRAM – Retrospectiva Plantananã  2020  do Porta dos Fundos – humorístico com o atrapalhado e frenético repórter Carlinhos Avelar ( Rafael Infante). O vídeo mostra um resumo escrachado dos principais fatos do  ano que se foi: dos incêndios da Austrália à chegada das vacinas, passando pelas crises do governo Bolsonaro, as eleições americanas e a vida das celebridades.

FILMES

HBO – Piazzolla – os anos do tubarão(2018- 94m)o maravilhoso documentário de Daniel Rosenfeld,  é narrado por Daniel Piazzolla, filho do maestro que mudou o tango. Mostra do nascimento à morte de Astor Piazzolla (1921-1992), filho de imigrantes italianos, seus casamentos, o tempo que viveu em Nova Iorque com os pais, sua volta à Buenos Aires, a sorte de recusar o convite de Carlos Gardel para uma tournée quando o maior cantor argentino morreu em um desastre de avião. Nascido em Mar del Plata, desde criança tinha paixão pelo mar e por pescar tubarão.Emocionante.

Dez filmes sobre os dias mais tensos da história americanaLincoln(2012, de Steven Spielberg com Daniel Day-Lewis interpretando Abraham Lincoln, assassinado em um teatro , em1865 (Apple Tv, YouTube, Google Play Filmes); JFK – A pergunta que não quer calar (1991), com Kevin Costner como promotor que não se convence com o resultado da Comissão Warren que determinou que apenas uma pessoa assassinou John Kennedy (Prime Video e Telecine Play); O patriota (2000), com Mel Gibson enfrentando liderando um exército contra soldados britânicos na Guerra de Independênciaa (Claro Video, Net Now); Todos os homens do presidente (1976), o filme de Alan Pakula conta a jornada dos jornalistas Bob Woodward (Robert Redford) e Carl Berstein Dustin Hoffman) no caso Watergate (Apple Tv e Looke); O dia do atentado (2016), após os atentados terroristas à Maratona de Boston (2013) um grupo formado por um sargento da polícia (Mark Walberg), o agente especial (Kevin Bacon), o comissário (John Goodman), o sargento (J.K.Simmons) e uma enfermeira ( Michelle Monaghan) se unem aos sobrevivemtes  para capturar os terroristas (HBO Go, Telecine Play); E o vento levou (1939) mostra a Guerra Civil Americana e as artimanhas de Scarlett O’Hara ( Vivien Leigh) para sobreviver ; As Torres Gêmeas (2006), de Oliver Stone, inspirado na história verídicas de dois policiais ( Nicholas Cage e Michael Peña) que socorreram vítimas no atentado de 11 de setembro de 2001 (Claro Vídeo e Apple TV); Apollo 13 (1995), baseado em história real com três astronautas, liderados Jim Lovell (Tom Hanks), a caminho da lua quando sofre um acidente (Netflix, Telecine Play e Looke); Pearl Harbor (2001) sobre o bombardeio japonês na base americana com Bem Afleck ( Apple Tv, YouTube e Google Play Filmes);Voo United 93 ( 2006), em 11 de setembro de 2001, o voo 93 da United Airlines é sequestrado por terroristas com o objetivo de abatê-lo junto a algum símbolo americano e os passageiros reagem (Claro Video e Looke).

DISNEY + – Soul – animação. De Pete Docter segue a fórmula da jornada do herói, trata de questões existenciais e que não precisamos de propósitos na vida, apenas vivê-la. É sobre a vida na Terra e no Além. Um professor (Jammie Foxx) que queria ser músico e quando vai tocar numa banda de jazza, aparece a morte. No Além conhece uma alma que não quer encarnar.

Netflix A incrível história da Ilha das Rosas é uma comédia-drama italiano de 2020, dirigido por Sydney Sibilla e baseado na história verídica do engenheiro Giorgio Rosa e da ilha da República de Rosa,criada por ele para ser um país independente. Com o novo ano se iniciando, os centros culturais e museus de São Paulo estão com uma programação online e gratuita para o mês de janeiro. São oficinas, festas, debates, contação de histórias, tour virtual, shows e filmes, tudo isso sem você precisar sair de casa.

The forty-year-old version ( A versão de 40 anos)- Uma escritora do Harlem, em Nova Iorque, que está prestes a completar 40 anos e sofrendo pela morte da mãe, experimenta trocar o teatro pelo rap, mas diverte o espectador, outros personagens e a si mesma pela inabilidadepara fazer concessões. Com a atriz, roteirista e dramaturga Radha Blank.

Vinicius – relação do poetinha com parceiros, amigos, admiradores, amores, familiares. Delicioso documentário com a direção de Miguel Faria Jr.

Pieces of a woman (Partes de uma mulher ) – do húngaro Kornél Mundruczó, com a atriz britânica Vanessa Kirby ( representou a princesa Margaret, irmã de Elizabeth II nas duas primeiras temporadas de The Crown – A coroa) e Shia LaBeouf. Depois dela perder um filho (cena de 24 minutos) o marido se torna abusivo. Foi exibido no Festival de Veneza de 2019 onde Vanessa recebeu o prêmio de melhor atriz.

2020 nunca mais – Samuel L. Jackson faz um repórter; Hugh Grant, um historiador; Lisa Kudrow, uma porta-voz conservadora. Falsas entrevistas com esses e outros personagens mostram os acontecimentos que marcaram o mundo a partir de 2020. Há duas figuras que fazer rir: uma dona de casa americana reacionária típica e uma mulher comum inglesa. O falso documentário lembra dos incêndios da Austrália; os discursos para salvar o meio ambiente de Greta Thunberg; das loucuras de Donald Trump; do negacionismo de Boris Johnson diante da pandemia e sua internação por Covis, além de inúmeros outros fatos.

Bikram:Yogi, guru, predador – documentário de quase uma hora. Bikram veio da Índia, desembarcamdo nos EUA nos anos 1970. Se dizia o autor de uma sequência específica de posturas de yoga e ele ajustava as temperaturas das salas pmde comandava as práticas coletivas. Os 41 graus ambientes mudavam tudo porque pessoas passavam mal, desmaiavam e o cheiro era ruim, mas a idolatria pelo professor só aumentava. Ele, porém,se sentava sob duas saídas de ar refrigerado que que garantiam seu conforto, evidenciando sua má-fé. Ele seduziu plateias, batizou a hot yoga com seu nome e seus poderes curativos viraram lenda. Exagerava nas posturas acrobáticas de seus alunos. Ele se instalou em Beverly Hills e fundou uma escola com ramificações pelo país. Pratticava assédio sexual e estuprou algumas de suas alunas. Mas as pessoas acordaram para seus grandes prejuízos financeiros, psicológicos e morais. Na mesma linha está a série Wild wild country ( país selvagem selvagem), a ascenção e queda de OSHO, guru que atraiu milhões a uma cidade do Oregon nos anos 1980. E ainda os nove episódios de The Vow (o voto) – que também está na HBO e no NOW – e que contam em seus nove episódios o que havia por trás da NXIVM (leia-se “nexium”),seita fundada em Albany, no estado de Nova Iorque, por Keith Raniere.

TELECINE PLAY – O vento nos levará –uma equipe de telejornal chega em um remoto povoado do Irã para filmar os rituais fúnebres locais. Mas a anciã que deveria morrer para os ritos acontecer permanece viva por dias, o que obriga a equipe ficar esperando. De Abbas Kirostami (Grande Prêmio do Júri, em Veneza, 1999).

GOOGLE PLAY e YOUTUBE – Xanadu(1980): o filme de Robert Greenwald é um amontoado de videoclipes amarrados por um fiapo de história. Olivia Newton-John interpreta Kira, uma das nove musas do Olimpo que se materializa entrte os mortais para inspirar Sonny (Michal Beck), artista em crise criativa. Fusão de aspirações e gêneros musicais, mostrando modismos da época como patins e roupas de cores berrantes.

PRIME VIDEO– Planeta Yoga: o documentário do peruano Carlos Ferrand mergulha no universo yoga e suas várias vertentes, com depoimento de especialistas no  assunto, como Baba Ramley, Chidanand Saraswati, Jeffrey Armstrong e Swami Amritarupananda. O filme mostra como a yoga se popularizou no ociedente, trazendo para cá termos como nirvana, karma e guru.

AMAZON PRIME – Harry e Sally – Feitos um para o outro: O réveillon marca uma vurada decisiva no relacionamento entre Harry e Sally (Billy Cristal e Meg Ryan), na comédia romântica de Rob Reiner. Lindas canções, uma linda Nova Iorque entrelaçando os protagonistas com casais idosos.

HBO, NOW e YOUTUBE – Um sonho de liberdade: de Frank Darabont (1994) inspirado em best seller de Stephen King sobre um homem condenado por um crime que não cometeu. Com Tim Robbins e Morgan freeman, mostra o cotidiano do presídio e as dificuldades de adaptação ao cárcere. É uma história de esperança e redenção e que a justiça virá.

YOUTUBE – ver o canal da Monja Coen, o MOVA(/movafilmes) sobre yoga. Ela dará um um curso on-line e gratuito de 11 a 18 de janeiro, o Semana Zazen e as inscrições devem ser feitas no site semanazazen.com.br.

APLICATIVOS – Há inúmeros aplicativos de meditação na prateleira digital dos smartphonesGratuitos: Lojong – para quem está começando e com acervo de artigos para estimular o usuário e relatório diários e mensais sobre seu progresso; Medite-se – pode criar uma comunidade entre seus amigos para trocar experiências em torno das propostas do aplicativo; Sattva – integração com smartwatches para definição de metas pessoais e, além das meditações tradicionais, o aplicativo oferece cânticos sagrados e mantras que podem ajudar em meio a sensações de medo, angústia e insônia; Meditopia – oferece pequenas aulas que podem ajudar a melhorar o sono e no controle da ansiedade, além de tópicos sbre coragem, expectativas, autoconfiança e “para tempos difíceis”. Há sons que acalmam, como chuva, sons de pássaros e vento e o ator Lázaro Ramos conta com voz mansa a história de Dandara, mulher de Zumbi dos Palmares. Este aplicativo é pago, mas dá para testar, gratuitamente, por sete dias.

DISCOS

No Spotify

Quero viver sem grilo, uma viagem a Jards Macalé (2020), da cantora Emanuelle Araújo.

Bestafera (2019) – de Jards Macalé com Kiko Dinucci, Tim Bernardes, Juçara Marçal, Rodrigo Campos e outros. Indicado ao Grammy Latino em 2019.

Fellini chega às plataformas de áudio hoje, 8/1, com música de autoria do próprio Criolo.

O reggae Bam bam (Winston Riley e Ophlin Russell, 1982), hit no universo jamaicano desde o início da década de 1980, ganhou a voz de Vanessa da Mata.  O single  com Bam bam tem lançamento programado para hoje nas plataformas digitais.

LIVROS

Os supridores – José Falero (Todavia, R$59,90), ex- ajudante de pedreiro, hoje é desenvolvedor de software. A “voz das periferias”é cada vez mais reconhecida. Caso desse gaúcho, 33 anos, e da zona leste de Porto Alegre. Em seu primeiro romance mostra sua vida longe da elite gaúcha, sendo um profundo pensador de sua realidade. No centro da obra dois jovens da periferia e seu modo de pensar e agir. Marques é casado, tem um filho e a mulher engravida. Pedro, com discurso politizado, prega justiça social e logo propõe a Marques a venda de maconha para melhorar a renda. Nesse universo se desenvolve a obra.

Torto Arado – do geógrafo Itamar Vieira Júnior, vencedor dos prêmios Leya, Jabuti e Oceanos. O autor baiano fala “de um país que é o nosso, mas não é o de todos”. O último baiano a vencer o Jabuti foi Jorge Amado, em 1995, com A descoberta da América pelos turcos. Itamar na juventude conversou com o casal Zélia Gattai e Jorge. O livro de Itamar fala de uma família de descendentes de escravizados que, décadas após a abolição, ainda trabalha em terra alheia sem receber um tostão. Como funcionário do Incra viu essa situação diversas vezes. Fala do direito À vida e à terra. Sucesso literário.

LIVES

Sexta-feira, 8

19 hs – Live de tributo a David Bowie – com Duran Duran e supergrupo com músicos do Slipknot e Foo Fighters.  A transmissão hoje tem ingressos a US$ 25 (R$ 133,00) comprados pelo site oficial ( Box Office, a bowlw celebration tickets, packages, vip experiences (includes ticket)e a renda será doada para a instituição Save the Children. Adam Lambert, Peter Frampton, Boy George, Trent Reznor, Billy Corgan, Perry Farrell e Macy Gray também fazem homenagens. O vídeo ficará disponível por 24 horas após o início da transmissão.

20 hs – Orlando Morais (participação de Luiz Caldas e Manno Góes. No site oficial  do cantor (www.orlandomorais.com.br) . R$ 9,00.

SÁBADO, 9

15 hs – Amor geral (A) live  –  show que Fernanda Abreu está lançando (inédito na tv paga) em DVD e que será exibido no Multishow, com direção de Paulo Severo.

21h30 – Canal Bis faz live em homenagem a David Bowie, morto em 2016, que faria hoje 74 anos com a exibição do documentário inédito A conquista da fama, que resgata imagens raras dos cinco primeiros anos da carreira do roqueiro, do final da década de 1960 até a morte no palco de seu icônico personagem Ziggy Stardust, em 1973.

23 hs  –  show Ziggy Stardust: Re-Mastered que tem no repertório canções como Wild Eyed Boy from Freecloud e covers de Lou Reed e Rolling Stones. Canal Bis

DOMINGO, 10

12 hs – Sunday live com DJ Marcio Fernandes (YouTube).

21h30 – Canal Bis leva ao ar um documentário sobre os últimos cinco anos de David Bowie: David Bowie: the last  five years.

22h30 – o canal mostra o registro feito de Bowie Reality Tour, com direito a sucesso de diferentes épocas de sua carreira, como Rebel RebelUnder Pressure e New Killer Star.

QUINTA-FEIRA,14

18 hs – CCBB – Homenagem aos 100 anos de Zé Ketti – Eu sou o Samba, com João Cavalcanti Trio e Fabiana Cozza.  O projeto inclui bate-papos com o artista João Cavalcanti, às 17 horas. Os ingressos  custam  R$ 30,00  e serão vendidos pelo site Eventim.

Agenda Cultural na TV, sexta-feira 08/01/2021

13:40: Canal Telecine Cult (666): “O Processo (1962)”, drama, (Joseph K. é acordado por um inspetor de polícia na pensão em que mora. Ao saber que está preso em casa sem explicação e que precisa ficar à disposição das autoridades, ele parte em busca de respostas.); Elenco: Anthony Perkins, Arnoldo Foà, Madeleine Robinson; Direção: Orson Welles, 1962, FRA/DEU/ITA;

14:10: Canal Brasil (650): “Menino do Rio”, aventura, (O verão carioca de um grupo de adolescentes que quer conquistar a liberdade e viver plenamente suas emoções. Sucessos de Lulu Santos e Guilherme Arantes embalam as aventuras desta galera. Muito surfe, voos de asa delta, encontros e desencontros.); Elenco: André de Base, Ricardo Graça Melo, Cláudia Ohana, Cláudia Magno, Adriano Reys, Márcia Rodrigues, Sérgio Mallandro, Cissa Guimarães, Evandro Mesquita; Direção: Antônio Calmon; 1982, BRA;

15:50: Canal Telecine Cult (666): “Os Pássaros”, suspense, (A bela e rica socialite Melanie Daniels viaja para a pacata cidade de Bodega Bay. Quando chega lá, ela é atacada por uma gaivota, e logo milhares de pássaros aparecem na cidade numa terrível série de ataques que não podem ser explicados ou detidos.); Elenco: Rod Taylor, Jessica Tandy, Tippi Hedren; Direção: Alfred Hitchcock, 1963, USA;

17:35: Canal Paramount (658): “A Despedida”, drama, (Almirante tem 92 anos e sente que o fim está próximo. Por isso, ele decide se despedir de todos e desfrutar aquele que pode ser seu último prazer: uma intensa noite de amor com sua amante de 37 anos.); Elenco: Nelson Xavier, Juliana Paes, Amélia Bittencourt, Deto Montenegro, Tereza Piffer, Luma Vidal; Direção: Marcelo Galvão, 2014, BRA;

18:30: Canal Curta (556): “O Milagre de Santa Luzia: Cultura Popular – Luiz Gonzaga”, documentário, (Luiz Gonzaga revelou ao Brasil e ao mundo a música nordestina. E com ela as alegrias e as angustias de sua gente. Extremamente criativo e poético, o Rei do Baião, como viria a ser conhecido, aprendeu a tocar sanfona com seu pai, o mestre Januário, que, nas horas vagas do trabalho na roça, tocava muito bem o instrumento de oito baixos. Gonzaga ainda não era adolescente quando começou a apresentar-se em bailes, forrós e feiras. No começo da juventude, ingressou no exército e, em 1939, deu baixa da instituição no Rio de Janeiro para dedicar-se exclusivamente à música. Aos poucos ganhou notoriedade, até que, em 1945, gravou sua primeira música como cantor, e em 1947 compôs Asa Branca, que posteriormente chegaria a ser considerada a canção mais relevante do país. A partir daí sua carreira deslanchou. São muitos discos, sucessos e parcerias, com músicos do Brasil inteiro. Mas o legado de Luiz Gonzaga vai além de seu raríssimo talento musical: ele foi um legítimo representante de seu povo, que foi testemunha de sua generosidade, coragem e firmeza ao longo de toda sua trajetória. Não é a toa que seu trabalho influencie direta e indiretamente o trabalho de inúmeros músicos das gerações posteriores à sua. A música popular brasileira foi para sempre transformada pela genialidade de Luiz Gonzaga.); Direção: Sergio Rezenblit, 2011, BRA;

19:00: Canal Curta (556): “História Oculta das Obras de Arte: Da Vinci”, documentário, (Os maiores especialistas da obra de Da Vinci se reúnem no Museu do Louvre para analisar, minuciosamente, a arte do pintor. Todos os quadros estão como quando foram pintados: sem molduras e expostos em cavaletes.); Direção: Juliette Garcias e Stan Neumann, 2011; FRA;

20:00: Canal Telecine Cult (666): “Sessão Novos Clássicos: O Enigma da Pirâmide”, aventura, (O filme narra as aventuras iniciais de Sherlock Holmes. Em seu primeiro caso, ele conta com a ajuda do colega de escola Watson para desvendar as mortes de pessoas que sofrem alucinações após serem atingidas por um dardo.); Elenco: Nicholas Rowe, Alan Cox, Sophie Ward; Direção: Barry Levinson, 1985, USA;

21:00: Canal Curta (556): “Meu Corpo, Minha Vida”, documentário, (Meu Corpo, Minha Vida é um debate sobre a questão do aborto no Brasil. Vozes de ambos os lados expressam sua opinião: os que acham que o aborto deve ser descriminalizado e os que defendem a lei como está. O filme personaliza esse debate através do caso de Jandyra Magdalena dos Santos, que recebeu cobertura nacional e internacional e que nos conduzirá dentro desse labirinto de conflitos e opiniões.); Direção: Helena Solberg ; 2017, BRA;

22:00: Canal Film & Arts (648): “O Assassinato do Gosford Park”, drama, (No início dos anos 30, casal da alta sociedade britânica convida amigos para um final de semana, mas a morte do anfitrião levanta suspeitas entre todos.); Elenco: Maggie Smith, Michael Gambon, Kristin Scott, Thomas Camilla Rutherford, Charles Dance, Geraldine Somerville, Tom Hollander, Natasha Wigthman, Jeremy Northam; Direção: Robert Altman, 2001, GBR/USA/DEU;

22:00: Canal Telecine Touch (663): “O Garoto da Casa ao Lado”, suspense, (Claire Peterson se envolve com o novo vizinho após descobrir uma traição. Arrependida, ela pede que o garoto se afaste, mas ele está disposto a ir às últimas consequências para ter o que deseja.); Elenco: Jennifer Lopez, lan Nelson, John Corbett, Ryan Guzman; Direção: Rob Cohen, 2015, USA;

22:00: Canal BIS HD (620): “Elvis: The Journey”, biografia, (Documentário sobre a carreira do rei do rock and roll, Elvis.); Direção: Ray Santilli, 2003, USA;

23:00: Canal BIS HD (620): “Hip Hop Machine”, musical, (Hip Hop Machine é o encontro do Jazz com o Rap. Leo Gandelman se junta aos artistas em ascensão do Rap nacional para bater um papo com eles e fazer performances incríveis. Nesse episódio é a vez de Baco Exu do Blues.); Direção: Bruno Costa e Leo Gandelman, 2018, BRA;

Siga a abi

© 2013 ABI - Associação Brasileira de Imprensa – todos os direitos reservados -Rua Araújo Porto Alegre, 71 - Centro, Rio de Janeiro - RJ, Cep: 20030-012