Morre o empresário Antônio Ermírio de Moraes em São Paulo


Por Kika Santos

25/08/2014


antonio erminio de moraes foto rosto

Antônio Ermírio de Moraes, empresário , presidente de honra do Grupo Votorantim e ex-colunista do Jornal Folha de São Paulo morreu na noite deste domingo em sua casa, aos 86 anos, em São Paulo, por insuficiência cardíaca. O corpo está sendo velado no Salão Nobre do Hospital Beneficência Portuguesa, em São Paulo, e o cortejo sairá às 16h rumo ao Cemitério do Morumbi.

Moraes era engenheiro metalúrgico formado pela Colorado School of Mines (EUA) e iniciou a carreira na Votorantim em 1949. Também foi responsável pela instalação da Companhia Brasileira de Alumínio, em 1955. O empresário deixa a esposa, Maria Regina Costa de Moraes, e nove filhos.

No ano de 1986, apostou em sua candidatura pelo PTB ao governo do Estado de São Paulo. ele alegava que se candidatou para combater Paulo Maluf. “Não voto em Maluf de jeito nenhum”, disse à colunista Mônica Bergamo, em 2000.

Antônio Ermínio de Moraes publicou pelo menos cinco livros e escreveu três peças teatrais sobre os problemas brasileiros, entre elas, “Acorda Brasil”. A dedicação à literatura lhe rendeu a cadeira 23 da Academia Paulista de Letras.

Em nota, a Votorantim diz que “o grupo perde um grande líder, que serviu de exemplo e inspiração para seus valores, como ética, respeito e empreendedorismo, e que defendia o papel social da iniciativa privada para a construção de um país melhor e mais justo, com saúde e educação de qualidade para todos”.

Siga a abi

© 2013 ABI - Associação Brasileira de Imprensa – todos os direitos reservados -Rua Araújo Porto Alegre, 71 - Centro, Rio de Janeiro - RJ, Cep: 20030-012