3 de dezembro de 2022


Cineasta Roberto Farias morre no Rio aos 86 anos


14/05/2018


O cineasta Roberto Farias (Foto: Reprodução)

Ele será velado no Memorial do Carmo, na Zona Portuária do Rio, e o enterro acontecerá em Nova Friburgo, na Região Serrana do RJ.

Roberto Farias produziu e dirigiu em sua trajetória mais de 25 filmes. Nasceu em 1932 em Nova Friburgo, região serrana do Rio, e, ainda jovem, cursou a Escola de Belas Artes, indo trabalhar nos estúdios Atlântida. A empresa cinematográfica se notabilizou por produções consideradas baratas e de grande apelo popular, conhecidas como chanchadas.

Nascido em 1932 em Nova Friburgo, Roberto Figueira de Farias é irmão do ator Reginaldo Faria e tio do também ator Marcelo Faria – o “s” a mais no sobrenome foi devido a um erro durante registro no cartório.

Chegou ao Rio para cursar Belas Artes e acabou indo trabalhar na Atlântida, empresa cinematográfica. A produtora se tornou um marco no cinema nacional, com mais de 60 filmes no meio do século passado, especialmente as chanchadas – produções baratas e de grande apelo popular.

Farias tem no currículo mais de 25 filmes como produtor e diretor. De 1957 a 1960, fez seus primeiros quatro longas: “Rico ri à toa” (1957), “No mundo da lua” (1958), “Cidade ameaçada” (1959) e “Um candango na Belacap” (1960).

 

Siga a abi

© 2013 ABI - Associação Brasileira de Imprensa – todos os direitos reservados -Rua Araújo Porto Alegre, 71 - Centro, Rio de Janeiro - RJ, Cep: 20030-012