Missa em memória da jornalista Albeniza Garcia


Por Igor Waltz*

22/01/2014


Albeniza Garcia (Crédito: Agência O Dia)

Albeniza Garcia (Crédito: Agência O Dia)

Será celebrada na próxima quinta-feira, 23 de janeiro, a missa em memória da jornalista Albeniza Garcia. A liturgia acontece às 9h30, na Igreja Bom Jesus do Calvário, na Rua Conde de Bonfim, 50, bairro da Tijuca, Zona Norte do Rio de Janeiro. Albeniza morreu de insuficiência respiratória e broncoaspiração na última quinta-feira, 16 de janeiro, aos 84 anos.

A jornalista, que teve passagens pelos jornais O Globo e O Dia, foi a primeira mulher a trabalhar na editoria de polícia na imprensa brasileira. Albeniza dedicou 57 anos ao jornalismo policial, sempre na ocupação de repórter. Durante sua trajetória, recebeu prêmios importantes como o de Direitos Humanos da Sociedade Interamericana de Imprensa, em 1995, pela série de reportagens “A infância perdida”, e o Esso, em 1997, por “Infância a serviço do crime”, ambos em O Dia.

Albeniza Garcia deixa três filhos e quatro netos.

Siga a abi

© 2013 ABI - Associação Brasileira de Imprensa – todos os direitos reservados -Rua Araújo Porto Alegre, 71 - Centro, Rio de Janeiro - RJ, Cep: 20030-012