Militares homenageiam vítimas de Ditadura Militar, no Centro do Rio


29/09/2015


Lyda+monteiro

Lyda Monteiro, vítima do golpe militar (Foto: Reprodução)

A Associação dos Anistiados Políticos da Bahia (Asnan) e a Associação dos Militares Perseguidos do Rio Grande do Norte (Asparn) convidam associados e sociedade para rememorar e homenagear Lyda Monteiro da Silva, morta em atentado a bomba na sede da Ordem dos Advogados do Brasil (OAB) e Antônio Modesto da Silveira, advogado de presos políticos durante a Ditadura Militar e defensor das causas das classes minoritárias.

Os organizadores do encontro, que será realizado no dia 5 de outubro deste ano, às 15 horas, em frente ao Clube Militar (Praça Marechal Floriano, 19), entregarão a medalha com a gravação “Notáveis pela Democracia”  aos militares que lutaram contra as injustiças cometidas durante o Governo.

antoniosilveira

Antônio Modesto da Silveira, advogado de presos políticos (Foto: Reprodução)

 

Na ocasião será cantado o “Hino Nacional Brasileiro” e músicas de Elis Regina, Chico Buarque e Geraldo Vandré, em homenagem a todas as vítimas. “Repudiamos os atos dos militares torturadores. Não queremos ser confundidos com esses tiranos de plantão. O medo de denunciar impera já que alguns militares que se rebelaram contra a ditadura ainda são perseguidos”, disse o advogado e militar José Bezerra, um dos organizadores da solenidade. Maiores informações através do telefone (21) 2532-6336.

Siga a abi

© 2013 ABI - Associação Brasileira de Imprensa – todos os direitos reservados -Rua Araújo Porto Alegre, 71 - Centro, Rio de Janeiro - RJ, Cep: 20030-012