Manifestação lembra morte do radialista goiano Valério Luiz


27/06/2014


O jornalista Valério Luiz foi morto no dia 5 de julho. (Crédito: Reprodução/PUC-GO TV)

O jornalista Valério Luiz foi morto no dia 5 de julho. (Crédito: Reprodução/PUC-GO TV)

Familiares e amigos promovem uma manifestação em Goiânia, no próximo dia 5 de julho, para relembrar os dois anos do assassinato do jornalista esportivo Valério Luiz e protestar contra a impunidade.  O evento também vai rememorar outros casos de homicídio cometidos em Goiás que permanecem sem solução.

Com concentração na Praça Cívica, centro de Goiânia, os manifestantes caminharão pelas ruas do centro da capital, trajados com uma camisa branca pintada com o rosto de Valério.

Valério Luiz foi morto no dia 5 de julho de 2012 ao sair da Rádio Jornal 820, onde trabalhava. O motivo do crime teria sido as críticas e as denúncias que o radialista fazia à direção do clube Atlético Goianiense. Depois de oito meses de investigações, o empresário e ex-vice-presidente do Atlético, Maurício Sampaio, foi indicado como mandante do crime.

Segundo o inquérito, a partir do apoio do açougueiro Marcus Vinícius, Urbano de Carvalho Malta e o policial militar Djalma da Silva organizaram o assassinato, enquanto o PM Ademá Figueiredo seria o executor do radialista. Todos eles estão em liberdade e o Marcus Vinícius está foragido.

Siga a abi

© 2013 ABI - Associação Brasileira de Imprensa – todos os direitos reservados -Rua Araújo Porto Alegre, 71 - Centro, Rio de Janeiro - RJ, Cep: 20030-012