Justiça remarca audiência do caso Santiago Andrade


Por Cláudia Souza

14/05/2014


Santiago Andrade no momento de explosão / Reprodução internet

Santiago Andrade no momento de explosão / Reprodução internet

Foi adiado do dia 16 para o próximo dia 23 de maio, a audiência do caso do cinegrafista da TV Bandeirantes Santiago Andrade, morto após ter sido atingido na cabeça por um rojão durante um protesto no Centro, em 6 de fevereiro último. De acordo com o juízo da 3ª Vara Criminal, a mudança de data ocorreu porque o advogado Antônio Pedro Melchior entrou no processo para fazer a defesa de Caio Silva de Souza, um dos acusados de atirar o artefato que atingiu o cinegrafista. O réu no caso é Fábio Raposo Barbosa, mas ambos respondem pelos crimes de explosão e homicídio doloso triplamente qualificado, por motivo torpe, impossibilidade de defesa da vítima e uso de explosivo.

Siga a abi

© 2013 ABI - Associação Brasileira de Imprensa – todos os direitos reservados -Rua Araújo Porto Alegre, 71 - Centro, Rio de Janeiro - RJ, Cep: 20030-012