4 de outubro de 2022


José Roberto Marinho na Comissão de Honra


26/02/2008


Com uma declaração que exalta a contribuição da Casa à luta pela democracia no Brasil, o jornalista José Roberto Marinho aceitou o convite para integrar a Comissão de Honra  do Centenário da ABI que ele define como uma voz possante em defesa das liberdades democráticas em geral. Diretor da Rede Globo de Televisão, José Roberto lembra a forte vinculação que seu pai, Roberto Marinho, manteve com a Casa.
A declaração de José Roberto Marinho tem o seguinte teor:

“Caro Maurício Azêdo,

É com grande satisfação que recebemos o honroso convite para integrar a Comissão de Honra do Centenário da Associação Brasileira de Imprensa, nossa querida ABI.

Dar o merecido relevo a essa notável instituição, com um calendário de eventos à altura dos seus 100 Anos, significa contribuir para tornar ainda mais fortes os pilares da nossa democracia, criando condições para uma sociedade mais democrática e justa.
São históricas as contribuições da ABI nesses campos, e temos convicção de que essa Casa deve desempenhar um papel cada vez mais importante no futuro em nossa complexa e diversa sociedade: uma sólida referência, uma voz possante, não apenas em defesa da liberdade de imprensa e de expressão, mas das liberdades democráticas em geral.
Não poderia, nessa ocasião, deixar de lembrar, embora saiba ser do conhecimento do colega, os laços da família Marinho e dos veículos das Organizações Globo com a ABI, estreitados não apenas pelos relevantes serviços prestados ao País por essa agora centenária instituição, mas também pela participação ativa, de décadas, iniciada com meu avô, Irineu Marinho. E tendo, posteriormente, prosseguimento com a entrada de meu pai, Roberto, como sócio, em abril de 1924.
Temos, nos arquivos de Roberto Marinho, cerca de uma centena de documentos que refletem seu ativo envolvimento com a agenda da nossa Imprensa, indo desde assuntos administrativos da associação até questões relativas à formação de novas entidades de jornalistas, e mais ainda, da defesa da liberdade de imprensa, entre outros temas.
Vale destacar ainda que Herbert Moses, companheiro de fundação de “A Noite” e de “O Globo” com meu avô, teve o privilégio de presidir a ABI de 1931 a 1964.
Portanto, é com muito orgulho que agradeço, também em nome de meus irmãos, Roberto Irineu e João Roberto, tão significativo convite, realçado pela oportunidade de participar de uma notável Comissão presidida por Oscar Niemeyer.
Será uma honra participar dessa grande empreitada.
Cordialmente, (a) José Roberto Marinho.”

        

Siga a abi

© 2013 ABI - Associação Brasileira de Imprensa – todos os direitos reservados -Rua Araújo Porto Alegre, 71 - Centro, Rio de Janeiro - RJ, Cep: 20030-012