Jornalistas do Rio criam comissão de segurança contra a violência


Por Cláudia Souza*

03/09/2014


violência contra jornalistas   A Comissão de Segurança dos Jornalistas do Rio, instalada nesta terça-feira, dia 2, promoverá um protesto para denunciar casos de violência contra profissionais de imprensa no próximo domingo, 7 de setembro, quando comemora-se o Dia da Independência do Brasil. O grupo pretende reunir-se nesta quinta-feira, 4, com membros do Ministério Público do Estado do Rio de Janeiro(MP-RJ), representantes da Comissão de Direitos Humanos da OAB-RJ e autoridades de segurança do estado para debater estratégias para coibir os diversos casos de agressão e hostilidade contra profissionais jornalistas por parte de policiais ou manifestantes. Na ocasião será distribuído um manifesto assinado pelo grupo. O texto, disponibilizado no endereço https://medium.com/@JournalistsinRio/basta-de-violencia-contra-jornalistas-4048e894c312, exorta as autoridades federais e estaduais, além da sociedade civil organizada a colaborarem com ações para o fim da violência contra jornalistas. Após o ato público do dia 7 de setembro, a Comissão de Segurança dos Jornalistas do Rio pretende organizar uma audiência pública sobre o avanço das agressões, e iniciar o monitoramento dos registros de ocorrência de casos de agressão contra jornalistas e exigir soluções imediatas para o problema. Instalada permanente, a Comissão de Segurança dos Jornalistas do Rio é aberta a todos os profissionais que queiram ajudar a combater a violência. Os encontros do grupo serão realizados quinzenalmente, pela manhã e à noite, para todos possam participar. As sugestões para temas de debates podem ser enviadas para o endereço segurancaparajornalistas@googlegroups.com. *Com SJPMRJ

Siga a abi

© 2013 ABI - Associação Brasileira de Imprensa – todos os direitos reservados -Rua Araújo Porto Alegre, 71 - Centro, Rio de Janeiro - RJ, Cep: 20030-012