Jornalistas argentinos agredidos em aeroporto do Rio de Janeiro


03/01/2014


Três jornalistas argentinos do canal “Todo Noticias”, ligado ao Grupo Clarín, denunciaram na última quarta-feira, 1º de janeiro, terem sido vítimas de agressões no aeroporto do Galeão, no Rio de Janeiro. O ataque teria sido realizado por quatro seguranças de Ricardo Echegaray, diretor da Administração Federal de Ingressos Públicos (Afip), a Receita Federal argentina.

Os jornalistas vieram ao Brasil com a intenção de fazer uma reportagem sobre a passagem de Echegaray no Réveillon de Copacabana. Segundo eles, mostrariam que em meio à crise econômica por que passa a Argentina, o responsável por definir os preços dos impostos viajou ao Brasil de primeira classe e se hospedou em um hotel de luxo na zona sul da cidade.

O trio seguiu a autoridade argentina até o aeroporto onde ele embarcou. Pouco antes do embarque, os jornalistas disseram que foram surpreendidos pelas agressões. “Quatro homens que estavam com eles nos atacaram. Ninguém fez nada. Nos sentimos como se estivéssemos no meio do deserto”, contou o repórter Ignacio Otero.

Os jornalistas não registraram o caso nas delegacias da Polícia Civil ou da Polícia Federal, localizadas no Galeão.

*Com informações da Folha de S. Paulo.

Siga a abi

© 2013 ABI - Associação Brasileira de Imprensa – todos os direitos reservados -Rua Araújo Porto Alegre, 71 - Centro, Rio de Janeiro - RJ, Cep: 20030-012