Jornalista chama a Vila do Rio de ‘Favela Olímpica’


28/07/2016


Richard Hinds disse que as condições da Vila Olímpica dará aos atletas a chance de experimentar as condições de vida de boa parte dos brasileiros

Richard Hinds disse que a Vila Olímpica dará aos atletas a chance de experimentar as condições de vida de boa parte dos brasileiros

O jornalista australiano Richard Hinds, do jornal The Daily Telegraph, não mediu palavras para criticar a Vila Olímpica, construída para receber os atletas que disputarão os Jogos no Rio. Em artigo publicado nesta terça-feira (27), o jornalista escreveu uma mensagem irônica, se passando pelo presidente do Comitê Olímpico Internacional (COI) Thomas Bach. No texto ele diz que a Vila Olímpica foi substituída por uma “Favela Olímpica” e que os atletas poderão experimentar as condições de vida da maioria dos brasileiros.

“Nossos amigos australianos não apreciaram a tentativa do Comitê Organizador Local de substituir a tradicional Vila Olímpica por uma Favela Olímpica, estilo Rio. Isso vai dar aos atletas a chance de experimentar as condições de vida de boa parte dos brasileiros, para quem água encanada, esgoto e paredes são opcionais extras – e assim será até que a conta de R$ 100 bilhões da Copa do Mundo e da Olimpíada seja paga”, escreveu o colunista.

A Austrália foi a primeira delegação a reclamar das condições com que a Vila Olímpica foi entregue e decidiu levar seus atletas a hotéis. O prefeito do Rio, Eduardo Paes, reconheceu o erro, comentou que o prédio australiano era o mais crítico e disse que as reclamações eram legítimas. Na terça-feira, membros da delegação do país da Oceania começaram a regressar à vila.

O assunto é um dos mais comentados das redes sociais. No Twitter, Hinds, que se referiu ao Rio como um local de “mar fedorento, dengue e bandidos”, afirmou que o seu texto se tratava de uma sátira.

Siga a abi

© 2013 ABI - Associação Brasileira de Imprensa – todos os direitos reservados -Rua Araújo Porto Alegre, 71 - Centro, Rio de Janeiro - RJ, Cep: 20030-012