Gabriel Loureiro Bernardes (1927-1928)

Em junho de 1927, Gabriel Loureiro Bernardes assumiu a Presidência da ABI para um mandato de um ano, deixando claro que daria prioridade à instalação da nova sede, sem descuidar das melhorias das instalações provisórias, à Rua do Rosário, 172, ao lado do jornal matutino A Vanguarda.

Em junho de 1927, Gabriel Loureiro Bernardes assumiu a Presidência da ABI para um mandato de um ano, deixando claro que daria prioridade à instalação da nova sede, sem descuidar das melhorias das instalações provisórias, à Rua do Rosário, 172, ao lado do jornal matutino A Vanguarda.

Segundo relatório da época, “autorizada pelo Conselho Administrativo, tratou a Diretoria de procurar um prédio condigno à Associação, onde a mesma pudesse aguardar a construção da sua sede própria, cuja edificação depende tão-somente da entrega, pela Prefeitura, do terreno que foi doado por lei”.

— Como sabem quantos se interessam pelos nossos negócios, o Prefeito Alaor Prata, após promessas, deixou sem limitar a área desse terreno. O ex-presidente Barbosa Lima Sobrinho não descurou do assunto e fez magnífica réplica às evasivas do Prefeito; cabe agora a nós prosseguir no caminho das negociações amigáveis junto ao atual Governador da cidade, Sr. Antônio Prado Júnior, de quem, tudo leva a crer, será fácil obter o reconhecimento do bom direito que assiste à Associação Brasileira de Imprensa — declarou Bernardes ao ser empossado.

A Diretoria decidiu reabrir o prédio da ABI das 9h às 17h, apenas com serviço de portaria, ascensoristas e funcionários da limpeza, seguindo protocolos mínimos:

– Uso de máscaras;
– Termômetro digital para medir a temperatura dos usuários do prédio;
– Distanciamento de 1,5 metros na portaria entre as pessoas para subir no elevador;
– Os elevadores só poderão levar no máximo 2 pessoas e levarão passageiros do 4° ao 8° andar, o acesso ao 2° e 3° andar será feito pelas escadas;
– Os elevadores terão um recipiente de álcool gel para ser utilizado e serão desinfetados a cada 2 horas ;
– Não poderá haver aglomeração em nenhum andar.

Antero Luiz Martins da Cunha
Diretor Administrativo