1 de outubro de 2022


Indeferida ação contra TV Globo


10/01/2008


Foi indeferida pelo Tribunal de Justiça de São Paulo a ação de indenização por danos morais impetrada pelos Juízes João Carlos da Rocha Mattos e Silvia Maria Rocha contra a TV Globo. Rocha Mattos, condenado por formação de quadrilha em 2003, e Silvia Maria declararam-se ofendidos pelo comentário feito por Arnaldo Jabor no “Jornal Nacional”, em março de 2000. Jabor ao referir-se a uma notícia sobre o Departamento Nacional de Estradas de Rodagem (DNER) do Mato Grosso, afirmou que “há uma rede que começa no advogado esperto, passa por funcionários corruptos e vai até juízes que dão ganho de causa — todo mundo leva grana. Sem medo, os criminosos, com exceção dos pobres e pretos, fogem para baixo da camisola da ‘mamãe’ Justiça”. Os desembargadores admitiram que a fala de Jabor provocou mal-estar, mas não o suficiente para merecer indenização. A decisão é dos desembargadores da 8ª Câmara de Direito Privado e invalida a sentença da 28ª Vara Cível, que dera ganho de causa aos magistrados.

Siga a abi

© 2013 ABI - Associação Brasileira de Imprensa – todos os direitos reservados -Rua Araújo Porto Alegre, 71 - Centro, Rio de Janeiro - RJ, Cep: 20030-012