9 de agosto de 2022


Homenagem ao Rei pelos seus 80 anos


19/04/2021


Show Emoções é lembrado nos 80 anos do Rei

Por Diana Aragão, da Comissão de Cultura e Lazer da ABI

Finalmente chegou o grande dia do Rei Roberto Carlos comemorar seus 80 anos no dia 19 de abril (mesmo do índio e ele gosta da coincidência).

Todo dia é dia de Roberto e de índio mas, este será especial para o menino de Cachoeiro de Itapemirim (ES) que conquistou plateias do Brasil e do restante da América Latina, além de Estados Unidos e Europa.

Em sua homenagem, o site da Associação Brasileira de Imprensa (ABI) e seu Departamento de Cultura relembra – em matéria para O Jornal do Brasil – em matéria de 1984 a estreia do Rei no Maracanãzinho depois de ter percorrido quase todo o país com “Emoções” um dos melhores show de sua carreira.

Contado pela jornalista Diana Aragão que acompanhou o cantor durante muitos anos. Afinal, “o importante e que emoções eu vivi”.

Clique na imagem para abrir.

 

Filmes, especiais e séries do Rei para rever hoje

O CANAL BRASIL faz homenagem a Roberto Carlos hoje, exibindo os filmes abaixo em que ele participa:

15h15 – Roberto Carlos em ritmo de aventura –

16h55 – Roberto Carlos e o diamante cor-de-rosa –

18h30 – Roberto Carlos a 300 km por hora –

Na GLOBOPLAY – E também estão lá os especiais de Natal. O primeiro foi ao ar em 1974, dirigido por Augusto Cesar Vanucci. Vários estão disponíveis, entre eles o de 1977, que faz uma analogia entre o craque Roberto e o escrete canarinho que disputaria a Copa do Mundo no ano seguinte. O programa intercala imagens do show com conversas de Rivellino e com o Rei Pelé (com quem faz um dueto) e tem até uma performance musical em meio às ruínas de Machu Picchu no Peru.

Tim Maia:vale o que vier e Minha fama de mau – a minissérie em dois episódios sobre Tim Maia reaproveita material do filme ficcional lançado em 2014 e acrescenta cenas documentais como apresentações raras de Roberto Carlos na TV no início da carreira, e depoimentos do próprio Rei gravados para a série. E Minha fama de mau (2019) , cinebiografia de Erasmo Carlos focada no  período da Jovem Guarda, Roberto Carlos tem papel de destaque. É vivido pelo ator Gabriel Leone, numa boa interpretação que não tenta imitar a todo custo os trejeitos do Rei.

No CurtaOn

101 canções que tocaram o Brasil, série em que Nelson Motta apresenta a história da MPB por meio de canções, Roberto é destaque no episódio Nada será como antes. São lembrados os bastidores (como a implicância com a palavra “ronco”) da criação de “Detalhes”, parceria com Erasmo e carro-chefe do disco de 1971.

Uma noite em 67 – o documentário de Renato Terra e Ricardo Calil, lançado em 2010, aborda a final do festival da Música Popular Brasileira de 1967. Roberto Carlos, já famoso na época por causa da Jovem guarda, surpreendeu ao interpretar o samba Maria, carnaval e cinzas, de Luiz Carlos Paraná, que acabou terminando em quinto lugar. No doc, ele fala de sua faceta “sambista”.

Siga a abi

© 2013 ABI - Associação Brasileira de Imprensa – todos os direitos reservados -Rua Araújo Porto Alegre, 71 - Centro, Rio de Janeiro - RJ, Cep: 20030-012