18 de agosto de 2022


Grupo Abril recebe aporte de R$ 450 milhões


14/12/2015


O Grupo Abril anunciou, nessa segunda-feira (14), o recebimento de aporte de R$ 450 milhões, feito pela Família Civita, que é dona do conglomerado de comunicação. Disposta a encerrar 2015 com equilíbrio financeiro, a empresa está fazendo acordos para reduzir o endividamento de curto e médio prazo.

O presidente do Grupo Abril, Giancarlo Civita ressaltou que as iniciativas de capitalização e fechamento do acordo colocam a empresa em melhores condições para começar as operações em 2016.

“Esse aporte representa, acima de tudo, nossa confiança nos negócios e no país. Temos um compromisso com a Abril e acreditamos na sua perenidade. Somos e continuaremos sendo a maior Editora da América do Sul, líder em vários segmentos e plataformas. Também nos mantemos fortes nos negócios de impressão e distribuição”, diz o executivo.

Civita lembra que a capacidade de geração de caixa somada à credibilidade e à solidez do Grupo Abril são os principais fatores que tornam a companhia preparada para o ano que vem.

“Fizemos os ajustes necessários, nossa rentabilidade melhorou e entramos em 2016 com nova perspectiva”.

Reestruturação

No início de 2015, a Abril decidiu redirecionar alguns investimentos, focando em negócios de mídia e distribuição. Para isso, vendeu a divisão Abril Educação para a Fundos Tarpon, que passou a comandar as editoras Ática e Scipione, entre outras empresas. Com a mudança, o grupo passo a ser formado pela Abril Mídia (Editora Abril e Abril Gráfica) e pela DGB (Logística e Distribuição).

Em seguida, a empresa encerrou a versão impressa das revistas Veja BH e Veja Brasília, priorizando o formato online. Em junho, a Placar, editada há 45 anos pela Abril, foi transferida para a Editora Caras, acompanhada de títulos como Anamaria, Arquitetura & Construção, Contigo, Tititi, Você RH e Você S/A.

As revistas Exame PME e Capricho deixaram de ser impressas e passaram a ser trabalhadas apenas no ambiente virtual. Com a medida, foram demitidos ao menos 60 colaboradores, sendo 30 jornalistas. Há pouco mais de um mês, a Abril também anunciou o encerramento de três revistas licenciadas: Men’s Health, Women’s Health e Playboy, além da transferência dos títulos Nova Escola e Gestão Escolar para a Fundação Lemann.

Siga a abi

© 2013 ABI - Associação Brasileira de Imprensa – todos os direitos reservados -Rua Araújo Porto Alegre, 71 - Centro, Rio de Janeiro - RJ, Cep: 20030-012