8 de dezembro de 2022


Google vai tirar anúncios considerados abusivos


16/01/2019


A partir do dia 9 de julho, o Google Chrome passará a bloquear em todo o mundo anúncios considerados abusivos. Na Europa e América do Norte, o ad blocker do navegador está ativo desde dezembro. O objetivo do Google é impedir que os internautas sejam afastados da rede por causa de experiências negativas com publicidade eletrônica. No ano passado, a empresa se juntou à Coalition for Better Ads, iniciativa criada para estabelecer padrões de anúncios que não sejam considerados negativos pelos usuários.

Será com base nos modelos classificados positivamente por esses padrões que os anúncios abusivos serão barrados pelo navegador. Serão bloqueados anúncios em formato pop-up que cobrem a página, publicidades que forçam o internauta a aguardar alguns segundos antes de poder fechar o anúncio, vídeos automáticos com som, publicidades com mais de 30% de densidade e grandes anúncios fixos.

A receita do Google com anúncios foi de US$ 95,4 milhões em 2017. De acordo com o site media-tics, como essa é uma das bases de monetização no modelo de negócios da empresa, o risco de afugentar usuários por causa de experiências  publicitárias negativas é muito prejudicial.

Fonte: Portal Imprensa

Siga a abi

© 2013 ABI - Associação Brasileira de Imprensa – todos os direitos reservados -Rua Araújo Porto Alegre, 71 - Centro, Rio de Janeiro - RJ, Cep: 20030-012