Fotógrafo é morto durante ataque do EI na Líbia


03/10/2016


jeroen

O fotojornalista holandês Jeroen Oerlemans

O fotojornalista holandês Jeroen Oerlemans e oito combatentes líbios pró-governo foram mortos no último domingo (2/10), durante um ataque do Estado Islâmico em Sirte, na Líbia.

Segundo a Agência Estado, a informação foi divulgada pela revista belga Knack, para a qual o profissional trabalhava, e pelo porta-voz do centro de comando das milícias pró-governo em Sirte, Mohamed Ghasri.

O fotojornalista estava acompanhado de milicianos aliados ao governo de unidade da Líbia quando foi morto, aparentemente, por um franco-atirador. Em comunicado, o EI reivindicou o ataque e o classificou como uma “operação surpresa”.

O combate foi considerado um dos mais pesados desde que as brigadas da vizinha cidade de Misrata iniciaram um esforço para desalojar o grupo radical da cidade.

Siga a abi

© 2013 ABI - Associação Brasileira de Imprensa – todos os direitos reservados -Rua Araújo Porto Alegre, 71 - Centro, Rio de Janeiro - RJ, Cep: 20030-012