Filme sobre Tim Lopes é exibido na França


15/04/2013


O filme “Histórias de Arcanjo — Um Documentário sobre Tim Lopes”, de Guilherme Azevedo, será exibido pela primeira vez na 15ª edição do Festival de Cinema Brasileiro de Paris, no próximo dia 19. A obra apresenta a trajetória pessoal e profissional de Tim Lopes, que se chamava Arcanjo Antonino Lopes do Nascimento.

O roteiro é assinado por Bruno Quintella, filho do jornalista, que foi torturado e assassinado por traficantes da favela Vila Cruzeiro, no Complexo do Alemão, Zona Norte do Rio, em 2002. À época, Tim Lopes era produtor da TV Globo e investigava denúncias de prostituição e venda de drogas nos bailes funk da comunidade.

Após a aprentação em Paris, “Histórias de Arcanjo” será inscrito em outros festivais. A data do lançamento no circuito comercial de cinema ainda não divulgada.

Os 10 anos da morte de Tim Lopes foram lembrados no dia 2 de junho de 2012, no Complexo do Alemão, em cerimônia que reuniu moradores do local, jornalistas e autoridades policiais.

Dos nove indiciados pelo assassinato do jornalista, dois morreram e sete foram condenados por homicídio triplamente qualificado, formação de quadrilha e ocultação de cadáver. O mandante, Elias Pereira da Silva, o Elias Maluco, recebeu pena de 28 anos e meio de prisão. Cláudio Orlando do Nascimento, o Ratinho; Claudino dos Santos Coelho, o Xuxa; Reinaldo Amaral de Jesus; Fernando Sátyro da Silva; e Elizeu Felício de Souza, o Zeu, foram condenados, cada um, a 23 anos e seis meses de prisão. Ângelo Ferreira da Silva, condenado a 15 anos de prisão. André da Cruz Barbosa, o André Capeta, foi encontrado morto em agosto de 2002. Maurício de Lima Matias, o Boi, morreu em uma troca de tiros com a polícia.

Siga a abi

© 2013 ABI - Associação Brasileira de Imprensa – todos os direitos reservados -Rua Araújo Porto Alegre, 71 - Centro, Rio de Janeiro - RJ, Cep: 20030-012