Filme com Fernanda estreia no Dia do Cinema Brasileiro


19/06/2020


Crédito: Reprodução “Piedade”, com Cauã Reymond e Fernanda Montenegro

Hoje, 19 de junho, teremos uma comemoração diferente do dia do nosso cinema tão machucado nesses últimos tempos quando a Cultura passou a ser um terror para o governo bolsonarista e até mesmo a atriz Regina Duarte – que chegou a “noivar” com o presidente – foi defenestrada do esquema. Uma pena, pois desde 1898, quando Afonso Segretto mostrou as primeiras imagens em movimento por aqui, que nossos geniais e talentosos cineastas lutam, incessantemente, para mostrar nossa arte tão apreciada no exterior, mas desprezada em seu próprio território.

Além dos canais tradicionais ou de tv a cabo, uma recém-criada plataforma do Espaço Itaú Play oferece a partir de hoje até o dia 29 de junho 11 filmes nacionais e oito estrangeiros em pré-estreias on line que ficarão 48 horas no site do circuito (itaucinemas.com.br), a R$10, sendo que 20% da arrecadação será para a Associação Brasileira da Produção de Obras Visuais como auxílio a profissionais de cinema sem trabalho, afetados pela pandemia. A estreia será com nossa estrela maior, Fernanda Montenegro, no filme “Piedade” de Claudio Assis, em exibição gratuita.

DICAS

Piedade  (hoje, amanhã, domingo e segunda-feira) – com Fernanda Montenegro, Irandhir Santos, Matheus Nachtergale e Cauã Raymond. Um bar em Recife resiste a uma empresa petrolífera; Três verões (dias 22 e 23) – de Sandra Kogut, com Regina Casé, Jessica Ellen, Otávio Muller e Gisele Fróes. Depois de grandes festas, a vida muda quando o rico patrão é preso; A Febre (dia 22 e 23) – de maya  Da-Rin, com Regis Myrupu. Um indígena é vigia do porto de cargas quando é assombrado por uma criatura; Querência (dias 24 e 25) – de Helvécio Marins Jr, com Marcelo de Souza. Vaqueiro sonha ser narrador de rodeios; Pacarrete ( dias 25 e 6) – de Allan Deberton, com Marcéllia Cartaxo e João Miguel. Pacarrete é uma bailarina que conheceu a glória, mas agora é considerada louca em sua cidade, no Ceará, quando cria uma dança para comemorar os 200 anos do local; Liberté (dias 25 e 26) – de Albert Serra – com Helmut Berger. Libertinos franceses expulsos da corte de Luiz XVI, no século XVIII, encontram na Alemanha um local seguro para seus perversos jogos sexuais; Mangueira em 2 tempos  (28 e 29 de junho) – de Ana Maria Magalhães, com Mestre Wesley, Alcione, Ivo Meirelles e Érika Buí. A diretora reencontra os personagens de “Mangueira do Amanhã”, vídeo sobre os integrantes da escola de samba mirim da Mangueira, lançado em 1992.

NOTA

Live

DIA DO CINEMA BRASILEIRO – às 17 hs, o produtor Luiz Carlos Barreto e o diretor e roteirista Marco Altberg fazem uma live sobre cinema brasileiro no Instagram (@callikoficial).

Diretoria de Cultura

FONTE: Segundo Caderno de O Globo

 

A Diretoria decidiu reabrir o prédio da ABI das 9h às 17h, apenas com serviço de portaria, ascensoristas e funcionários da limpeza, seguindo protocolos mínimos:

– Uso de máscaras;
– Termômetro digital para medir a temperatura dos usuários do prédio;
– Distanciamento de 1,5 metros na portaria entre as pessoas para subir no elevador;
– Os elevadores só poderão levar no máximo 2 pessoas e levarão passageiros do 4° ao 8° andar, o acesso ao 2° e 3° andar será feito pelas escadas;
– Os elevadores terão um recipiente de álcool gel para ser utilizado e serão desinfetados a cada 2 horas ;
– Não poderá haver aglomeração em nenhum andar.

Antero Luiz Martins da Cunha
Diretor Administrativo