FBB realiza o 10º encontro de jornalismo em João Pessoa


20/10/2016


0d1fd34f22c9730e91eb5170fbddc114_l

A abertura do 10º Encontro de Jornalistas Fundação Banco do Brasil, no hotel Verde Green, em João Pessoa (PB), contou com a presença de 70 participantes, sendo 60 profissionais de comunicação.

Outras edições do evento já foram realizadas em Fortaleza (CE), Teresina (PI), Belém (PA), Costa do Sauipe (BA), Porto Velho (RO), Ipojuca (PE), Manaus (AM), Natal (RN) e Brasília (DF), este ano chega à capital paraibana para discutir “Comunicação, pautas sociais e engajamento para o desenvolvimento sustentável”. João Pessoa foi escolhida devido ao estado da Paraíba já ter recebido investimentos sociais para execução de projetos e na reaplicação de tecnologias sociais. Nos últimos dez anos, foram investidos pela Fundação BB R$ 78,5 milhões que possibilitaram o atendimento de cerca de 480 mil pessoas em 299 projetos e 108 municípios paraibanos.

A acolhida dos participantes foi feita pelo presidente da Fundação BB, Gerôncio Luna, que na oportunidade falou da satisfação de presidir a instituição, uma das que mais investem na promoção da melhoria da qualidade de vida das famílias. “A Fundação tem um compromisso com o país, com as regiões e com as comunidades, de melhorar a vida das pessoas”, disse.

O Encontro conta com a participação de jornalistas, profissionais de comunicação, parceiros e representantes de entidades que buscam formas inovadoras de comunicar a estratégia de desenvolvimento social do país. Formado por um grupo heterogêneo, os comunicadores atuam em emissoras de televisão, jornais, revistas, sites, rádios e blogs e representam veículos de abrangência regional e nacional.

“A Fundação BB vai além. Ela vai onde nós, funcionários do Banco do Brasil, não conseguimos chegar. Ela chega em lugares onde muitos nem sonham em ter uma conta no banco. Enxergamos a Fundação nas casas de farinha, nas casas de mel, no AABB Comunidade e nos milhares de projetos desenvolvidos por todo país”, declarou Tarcísio Gerotto, gerente de divisão da Unidade de Negócios Sociais e de Desenvolvimento Social do BB.

A superintendente do Banco do Brasil na Paraíba, Maristela Salles, destacou que com a Fundação BB, a Paraíba já foi beneficiada por muitos projetos importantes, a exemplo das cisternas para água de consumo humano.

Em seguida, os participantes assistiram à palestra magna “Novos paradigmas de produção e consumo: Experiências inovadoras e desenvolvimento sustentável”, com o economista, mestre e doutor em desenvolvimento econômico, Leandro Morais. Ele fez uso da sua vasta experiência em Desenvolvimento Territorial, Empreendedorismo Social e Economia Social na organização do livro “Novos Paradigmas” lançado em 2009. O livro é fruto da uma parceria entre o Instituto Pólis e Fundação BB. A publicação foi baseada em experiências, conceitos, iniciativas e ideias que apontavam para os novos modelos de desenvolvimento, com equidade e sustentabilidade.

Leandro destacou que o conceito de desenvolvimento faz referência à riqueza e a forma como ela chega na sociedade. “Experiências de economia solidária apontam no sentido de ampliar a mão de obra local e o encurtamento dos circuitos de produção e consumo”, comentou.

 

Siga a abi

© 2013 ABI - Associação Brasileira de Imprensa – todos os direitos reservados -Rua Araújo Porto Alegre, 71 - Centro, Rio de Janeiro - RJ, Cep: 20030-012