Estreia na ABI documentário sobre a Lava Jato


26/08/2019


A Associação Brasileira de Imprensa – ABI foi escolhida para sediar o lançamento, no Rio de Janeiro, nesta quarta-feira (28), às 19:00h, do documentário “A Contra República de Curitiba”. Trata-se de um filme do cineasta argentino/brasileiro Carlos Pronzato. Após a exibição com entrada franca haverá debate sobre o mesmo.

O documentário além de abordar a instrumentalização do Judiciário na disputa política, se propõe esmiuçar os impactos que a denominada “República de Curitiba” causou à vida política nacional e sua influência no momento político conturbado que o país assiste.

Pronzato, autor de mais de 70 documentários sobre revoltas populares e movimentos sociais em toda a América Latina, reuniu depoimentos diversos de cientistas políticos, sociólogos, juristas, professores, ativistas sociais e militantes de diversas correntes políticas do campo popular – inclusive com opiniões contrarias no amplo leque das esquerdas. Um único depoimento, porém, o do procurador de Justiça Rodrigo Chemim, é favorável à Operação Lava Jato.

“O propósito do filme é mostrar a resistência que está sendo feita lá na capital paranaense. A resistência contra a tal “República de Curitiba’. Mantive a fala dele (de Chemim) – que dá um depoimento importante – até porque ele mesmo faz ressalvas à operação sob o efeito dos vazamentos revelado por Glenn Greenwald.

Os depoimentos foram tomados no Paraná – “Curitiba é o cérebro desse projeto conservador e reacionário vigente no Brasil”, lembra o cineasta -, para falar sobre a origem e o desenvolvimento da chamada “República de Curitiba”. O documentário tenta mostrar o dispositivo político de impacto fundamental nas decisões do governo federal que surgiu a partir da instalação da Lava Jato.

A obra abarca um lapso importante da vida política nacional desde os governos petistas, passando pelas Jornadas de Junho (2013), o  início das operações da Força Tarefa da Lava Jato (2014), o Impeachment de Dilma Rousseff (2016) e chega aos dias atuais com as revelações dos diálogos entre o juiz Sérgio Moro e o procurador Deltan Dallagnol, divulgados pelo The Intercept.

Carlos Pronzato é cineasta, documentarista, diretor teatral, poeta e escritor. Suas obras audiovisuais e literárias destacam-se pelo compromisso com a cultura, a memória e as lutas populares.

O que é: Lançamento do documentário “A Contra Republica de Curitiba”.

Onde: ABI, Rua Araújo Porto Alegre, 71, Centro, Rio de Janeiro.

Quando: Quarta feira 28 de agosto às 19:00h.

Direção, Roteiro e Produção: Carlos Pronzato

Edição: Rafael Daguerre

Direção de Produção: Uilton Oliveira

Trilha sonora: Babylack Bah

Duração: 50 minutos

Ano: 2019

Realização: La Mestiza Audiovisual & Distopia Filmes

Contatos:

(21) 97995 7981 / carlospronzato@gmail.com  (Carlos Pronzato)

(21) 96990 9165 / contato@distopiafilmes.com (Uilton Oliveira)

 

O espetáculo – com apresentação de Bete Mendes, e do compositor Paulo Cesar Feital – já conta com mais de 30 artistas e grupos confirmados. Teremos no palco: Agrião, Água de Moringa, Alice Passos, Ana de Hollanda, Aroeira, Augusto Martins, Clarice Azevedo, Chico Alves, Cláudio Jorge, Cordão do Boitatá, Didu Nogueira, Dorina, Eduardo Gallotti, Elisa Addor, Ernesto Pires, Luciano Macedo, Lúcio Sanfilippo, Jards Macalé, Makley Matos, Mariana Baltar, Marquinhos China, Marquinhos de Oswaldo Cruz, Mombaça, Monarco, Nilze Carvalho, Osmar Prado, Pedro Paulo Malta, Ricardo Villas, Simone Lial, Tânia Malheiros, Zé Luiz do Império, Zé Renato.