EBC rescinde contrato
com sete profissionais


30/09/2016


Larte Rímoli. Foto: Folha de S.Paulo

Larte Rímoli. Foto: Folha de S.Paulo

A Empresa Brasil de Comunicação (EBC) rescindiu nesta quinta-feira (29) sete contratos com jornalistas e comentaristas. Os atos da empresa pública, publicados no Diário Oficial da União, informam apenas que a rescisão foi unilateral.

Segundo a Folha de S.Paulo, são mencionados nos contratos os nomes de Sidney Rezende, Lúcia Scarano de Mendonça, Emir Sader, Luis Nassif, Paulo Markun, Tereza Cruvinel e Paulo Moreira Leite.

A publicação acrescenta que as demissões ocorrem após a volta de Larte Rímoli à direção da empresa. Rímoli, que havia sido nomeado pelo presidente Michel Temer em maio, voltou ao trabalho no dia 14 depois de uma disputa no STF (Supremo Tribunal Federal). Ele substituiu o jornalista Ricardo Melo, nomeado pela então presidente Dilma Rousseff em abril.

A EBC informou que os contratos somavam R$ 2,8 milhões por ano, que as rescisões ocorreram dentro da lei e que a “necessidade de ajustes orçamentários tem levado a direção da empresa a adotar medidas de redução de despesas”.

Ainda de acordo com a EBC, houve outros cortes como o fim do contrato para a transmissão da terceira divisão do campeonato paulista de futebol, além de renegociação de contrato de outros fornecedores.

“Os contratos renovados foram repactuados, com redução no valor global. Esse esforço para regularizar a situação financeira da empresa resultou, até agora, em cortes de gastos na ordem de R$ 58 milhões”, informa a empresa.

Siga a abi

© 2013 ABI - Associação Brasileira de Imprensa – todos os direitos reservados -Rua Araújo Porto Alegre, 71 - Centro, Rio de Janeiro - RJ, Cep: 20030-012