Divulgados vencedores do Prêmio Esso 2012


12/11/2012


Foram anunciados nesta segunda-feira, dia 12, os vencedores do Prêmio Esso de Jornalismo 2012. Os jornalistas Filipe Coutinho, Julio Wiziack, Leandro Colon, Rodrigo Mattos e Sérgio Rangel foram os grandes vencedores desta edição com a série de reportagens “O jogo suspeito e a queda de Ricardo Teixeira”. Examinados em três etapas por duas comissões de julgamento, os trabalhos publicados na Folha de S. Paulo destacam que o dirigente combinou interesses particulares com os da CBF, fato apontado como motivo de seu afastamento.
 
O Prêmio Esso de Jornalismo chegou em 2012 à sua 57ª edição consecutiva, comemorando mais um recorde de trabalhos inscritos – foram 1.302 no total. “O Prêmio Esso de Jornalismo, herdeiro do Repórter Esso, que surgiu há mais de 70 anos, é uma página importantíssima desta nossa história e mostra o nosso comprometimento com o País”, aponta Alexandre Marques, presidente da ExxonMobil no Brasil.
 
Os vencedores do Prêmio Esso de Jornalismo, Prêmio Esso de Reportagem e de outras 10 categorias de mídia impressa tiveram seus nomes escolhidos pela comissão de premiação de mídia impressa no dia 8 de novembro. Comissões específicas escolheram os vencedores do Prêmio Esso de Telejornalismo e do Prêmio Esso de Fotografia. Os premiados serão homenageados, no dia 4 de dezembro de 2012, durante um jantar no Rio de Janeiro.
 
Os vencedores tiveram seus trabalhos indicados após o exame pelos jurados das comissões de premiação de 72 finalistas, sendo 50 de mídia impressa, doze trabalhos fotográficos e 10 trabalhos de telejornalismo. Os finalistas foram previamente selecionados do total de 1.302 trabalhos inscritos, dos quais 677 reportagens, séries de reportagens ou artigos; 213 trabalhos fotográficos; 329 trabalhos de criação gráfica (Jornal, Revista e Primeira Página) e 83 trabalhos de telejornalismo.
 
Categorias
 
O Prêmio Esso de Telejornalismo foi atribuído à equipe da Rede Bandeirantes, chefiada pelo jornalista Fábio Pannunzio, pela série de reportagens intitulada “Desaparecidos”. O trabalho destaca histórias comoventes de pessoas que procuram desesperadamente por filhos, pais e irmãos, vistos pela última vez quando saíam de casa, escola ou trabalho.
 
Por três anos, a repórter Letícia Duarte, vencedora do Prêmio Esso de Reportagem, acompanhou os passos de um menino para revelar como a omissão, a desestrutura familiar, a pobreza e as falhas do Estado arrancam crianças de casa e da escola e as jogam nas calçadas e nas drogas. A reportagem “Filho da Rua”, publicada no jornal Zero Hora, apresenta em 16 páginas um retrato inédito de um problema crônico da sociedade brasileira.
 
O Prêmio Esso de Fotografia coube ao repórter-fotográfico Wilton Junior, ao registrar a Presidente Dilma Rousseff no momento em que passava em revista a tropa na cerimônia de entrega de espadins aos cadetes da Academia Militar das Agulhas Negras, em Resende, estado do Rio. A foto “Touché”, publicada pelo Estado de S. Paulo, mostra a presidente na posição em que parece estar sendo trespassada pela espada de um militar.
 
Comissão de Premiação
 
A Comissão de Premiação do Prêmio Esso de Jornalismo 2012 que julgou os trabalhos de mídia impressa (à exceção da fotografia) foi composta pelos jornalistas Francisco Ornellas, Luiz Garcia, Mario Vitor Santos, Thales Guaracy e Xico Vargas. Coube a eles examinar 50 trabalhos finalistas e apontar os vencedores das categorias, além do Prêmio Esso de Reportagem e o prêmio principal, o Prêmio Esso de Jornalismo 2012.
A Comissão de Premiação de Telejornalismo foi formada pelos jornalistas Ana Gregati, Christina Pinheiro e Nelson Hoineff, que voltaram suas atenções para os dez trabalhos finalistas. Uma comissão especial formada por 50 editores de fotografia dos principais veículos brasileiros foi encarregada de apontar a foto vencedora do Prêmio Esso de Fotografia, dentre um total de 12 fotos finalistas.
 
Coube às diversas comissões do Prêmio Esso, num total de 90 jurados, selecionar os finalistas e indicar os vencedores de 13 distinções de mídia impressa, além do Prêmio Esso de Telejornalismo.
 
Premiados
 
A 57ª edição do Prêmio Esso de Jornalismo 2012 aos vencedores um total de R$ 112 mil. Veja abaixo a relação completa dos premiados:
 
Prêmio Esso de Jornalismo 2012 
Diploma e R$ 30.000,00 
Filipe Coutinho, Julio Wiziack, Leandro Colon, Rodrigo Mattos e Sérgio Rangel, com o trabalho “O jogo suspeito e a queda de Ricardo Teixeira, publicado no jornal Folha de S. Paulo.
 
Prêmio Esso de Telejornalismo 2012 
Diploma e R$ 20.000,00 
Fábio Pannunzio, Edvander Rodrigo Silva, Eliete Cavalcante de Albuquerque, Rosângela Marques Lara, Luiz Pessoa Júnior, Ubaldino Mota, Josenildo Tavares e José Antônio Martins de Palma Gonçalves Peres, com o trabalho “Desaparecidos”, exibido na Rede Bandeirantes de Televisão.
 
Prêmio Esso de Reportagem 
Diploma e R$ 10.000,00 
Letícia Duarte, com o trabalho “Filho da Rua”, publicado no jornal Zero Hora.
 
Prêmio Esso de Fotografia 
Diploma e R$ 10.000,00 
Wilton Junior, com a foto “Touché”, publicada no jornal O Estado de S. Paulo.
 
Prêmio Esso de Informação Econômica
Diploma e R$ 5.000,00 
Claudia Safatle e Ribamar Oliveira, com o trabalho “O dia em que o Brasil quebrou”, publicado no jornal Valor Econômico.
 
Prêmio Esso de Informação Científica, Tecnológica ou Ambiental
Diploma e R$ 5.000,00 
Cristiane Segatto, com o trabalho “O paciente de R$ 800 mil”, publicado na revista Época.
 
Prêmio Esso de Educação
Diploma e R$ 5.000,00 
Antônio Gois, Chico Otávio, Efrém Ribeiro, Odilon Rios, Letícia Lins e Carolina Benevides, com o trabalho “Aula de Excelência na Pobreza”, publicado no jornal O Globo.
 
Prêmio Esso Especial de Primeira Página
Diploma e R$ 5.000,00 
Ana Dubeux, Saulo Santana, Carlos Alexandre, Plácido Fernandes, Marcelo Agner, Luís Tajes e Varilandes Gonçalves, com o trabalho “Adeus, Chico”, publicado no jornal Correio Braziliense.
 
Prêmio Esso de Criação Gráfica – Categoria Jornal
Diploma e R$ 5.000,00 
Alessandro de Castro Alvim, Renato Carvalho, Michelle Rodrigues e Kamilla Pavão, com o trabalho “Cristo”, publicado no jornal O Globo.
 
Prêmio Esso de Criação Gráfica – Categoria Revista
Diploma e R$ 5.000,00 
Rafaela Ranzani, Camila Durelli, Manuela Alcântara e Fernando Luna, com o trabalho “Lebmra Quem Tmoou Toads?”, publicado na revista TPM.
 
Prêmio Esso Regional Norte/Nordeste
Diploma e R$ 3.000,00 
João Valadares, com o trabalho “Reencontros”, publicado no Jornal do Commercio.
 
Prêmio Esso Regional Centro-Oeste
Diploma e R$ 3.000,00 
Daniela Arbex, com o trabalho “Holocausto Brasileiro”, publicado no jornal Tribuna de Minas.
 
Prêmio Esso Regional Sul
Diploma e R$ 3.000,00 
Adriana Irion e José Luís Costa, com o trabalho “Meninos Condenados”, publicado no jornal Zero Hora.
 
Prêmio Esso Regional Sudeste
Diploma e R$ 3.000,00 
Fausto Macedo e Felipe Rocondo com o trabalho “Farra Salarial no Judiciário”, publicado no jornal O Estado de S. Paulo.
 
Prêmio Esso de Melhor Contribuição à Imprensa

A Comissão de Premiação do Prêmio Esso de Jornalismo 2012 decidiu atribuir a distinção de “Melhor Contribuição à Imprensa” ao jornal O Globo, pelo produto Globo a Mais, resultado do investimento da empresa no aperfeiçoamento da difusão de informação por meio de um novo formato.

*Com informações do site Prêmio Esso de Jornalismo 2012

CONSELHO DELIBERATIVO APROVA ANISTIA

Com o pagamento do valor correspondente a três mensalidades (R$ 120), todos os associados que estão em débito com a ABI terão de volta os seus direitos associativos.

Participe desta campanha. Vamos reconstruir a ABI!