9 de agosto de 2022


Dissidentes das Farc matam reféns do “El Comércio”


13/04/2018


Foto: RODRIGO BUENDIA / AFP

O sequestro aconteceu na  região em que forças armadas regulares dos dois países combatem os guerrilheiros que não aceitam o acordo de paz firmado entre o governo da Colômbia e as lideranças das FARC.

Os sequestradores exigiam em troca da equipe equatoriana a libertação de guerrilheiros presos em Quito. O presidente Moreno explicou que foi pedida aos sequestradores prova de que a equipe estava viva mas o prazo para isso expirou e nada foi confirmado.

Os sequestradores enviaram logo após o sequestro um vídeo exibido pelo canal colombiano RCN em que o repórter Javier Ortega (32 anos), o fotografo Raúl Rivas (45 anos) e o motorista Efraín Segarra (60 anos) estavam algemados e com correntes no pescoço. Mas depois não enviaram mais nenhuma notícia sobre a situação deles.

Após confirmarem na sexta (13) as mortes, Equador e Colômbia lançaram ofensiva militar para capturar Guacho. Até este domingo, sete pessoas ligadas ao grupo tinham sido detidas. Pessoas aparecem em duas filas, uma em frente à outra; no meio, flores brancas, amarelas e rosas aparecem depositadas no chão; ao fundo, duas pessoas seguram um cartaz com fotos dos três mortos e a expressão “nos faltam três”.

Colegas da equipe de reportagem do jornal El Comercio fazem homenagem na praça dos Jornalistas, em Quito.
Cristina Vega, AFP

Fonte: O Globo

Siga a abi

© 2013 ABI - Associação Brasileira de Imprensa – todos os direitos reservados -Rua Araújo Porto Alegre, 71 - Centro, Rio de Janeiro - RJ, Cep: 20030-012