16 de agosto de 2022


Dicas para finde e semana: Instituto Marielle Franco faz série


09/07/2021


Ativistas negras ganham minissérie

Por Vera Perfeito, diretora de Cultura e Lazer da ABI

A minissérie Para onde vamos, produzida pelo Instituto Marielle Franco com mulheres ativistas negras pode ser assistida todas às quartas-feiras no Canal Brasil, Globoplay e YouTube. Parques e trilhas ao ar livre e sem aglomeração são a pedida para seu lazer durante ou no fim de semana. Há cinco indicações nas Dicas para você passear: Forte do Leme, o Mirante do Caeté (Prainha), além dos parques Dois Irmãos (Leblon), da Catacumba (Lagoa) e da Cidade, em Niterói. Ouçam os velhos (com corpos novíssimos) roqueiros como Mick Jaegger, Bob Dylan, Paul McCartney, Marcos e Paulo Sérgio Valle e Ney Matogrosso que têm 70 e 80 anos, mas muito vigor. Ana Cañas lança novo álbum, ouça Buarqueanas e a música inédita de Cazuza, Mina. Veja ainda cantora Alaíde Costa em lágrimas no documentário O Anel. Várias séries e filmes estreiam nos canais, o influencer Felipe Neto indica livros e, a partir de hoje, acontece o Rio Festival de Cinema LGBTQIA+. Dicas cita filmes do cineasta Kléber Mendonça que está no júri do Festival de Cannes onde já concorreu ao prêmio máximo por duas vezes com Aquarius (2016) e Bacurau (2019) que ganhou o Prêmio do Júri empatado com o francês Os miseráveis e, ainda, o documentário Antena da Raça, de Paloma Rocha (filha de Glauber), mostrando o pai na TV Tupi. No teatro, tem estreia de  Infâmia, hoje via Zoom, e Cartola’s Jazz, amanhã. Tudo grátis.

Continue em casa porque a variante Delta /Covid já está no Brasil. Não dá para relaxar. Boa semana!

ENTREVISTAS

Por diversos canais: a CPI da Covid, o programa mais acessado nas redes. IMPERDÍVEL!!!

Segunda-feira

19h30 ABI Esportes: Futebol e fé: Jesus em campo no jogo. Essa é a pauta do programa apresentando pelo jornalista Marcos Gomes quando serão analisados os rituais evangélicos neopentecostais que entraram para a paisagem do futebol de elite no Brasil. De Gabigol a Felipe Melo, de Leandro Castan a Neymar, os louvores e evocações aparecem em quase todos os jogos, numa intensidade que faz parecer credo único entre os boleiros. O jornalista, escritor, pesquisador de cultura popular e comentarista esportivo, Aydano André Motta é o convidado. Assista pelo canal do Youtube da Associação Brasileira de Imprensa.

Terça-feira

19h30 Cineclube Macunaíma exibe hoje Agricultura Tamanho Família – Uma alternativa ao agronegócio, o terceiro documentário da trilogia de Silvio Tendler, disponível a partir das 10hs de hoje até segunda-feira. No debate com o diretor estão Luana Carvalho, da direção nacional do MST; o presidente da Confederação Nacional dos Trabalhadores na Agricultura Aristides Santos; e o sociólogo Givanilson Silva. O mediador é o jornalista Ricardo Cota.  No canal da ABI do YouTube.

 

19h30Memória Musical com apresentação do jornalista Paulo Figueiredo. Pelo canal da ABI do YouTube.

GloboplayConversa com Bial: a entrevista com o governador do Rio Grande do Sul, Eduardo Leite, que se assumiu gay.

FILMES

O RIO FESTIVAL DE CINEMA LGBTQIA+ FESTEJA 10 ANOS E TERÁ PROGRAMAÇÃO FRANCESA

*O Rio Festival de Cinema LGBTQIA+  (Rio LGBTQIA+) completa 10 anos, e durante onze dias, de hoje a 18 de julho, o festival transmitirá pelo instagram @riolgbtqia, 81 filmesbrasileiros e internacionais da Alemanha, Argentina, Bélgica, Canadá, Espanha, EUA, França, Índia, Israel, México, Paraguai, Peru, Portugal, Reino Unido e Suécia. São 11 longas, 2 médias e 68 curtas-metragens. Lives de encontros e palestras completam a programação do festival. Devido a pandemia, a programação completa acontecerá online e ao vivo. Entrar no site.

Em paralelo à programação de filmes serão realizados lives de encontros e palestras, também no @riolgbtqia.
Entre os filmes franceses estão os curta-metragens: Mort-Bois, une enfance de Jean Genet de Frédéric Labonde e dentro das mostras especiais de animação: Genius Loci de Adrien MérigeauEiko de Colin AttharLes lèvres gercées de Fabien Corre e Kelsi PhungPurpleboy de Alexandre Siqueira (Portugal, França e Bélgica), Carrousel de Jasmine Elsen e Camille de Maël Nathanaël Sonn. riofgsc.com.br ©2021

HOJE, às 23h10: há sessão de Homens Pink (2020).

Nosso representante no júri do Festival de Cannes, Kléber Mendonça é diretor de dois filmes ótimos:

Aquariusno FilmesOnlineHD (filmesonlinehd.app) – grátis

Bacurau – no Telecine

Filmes novos no streaming:

Army of dead: invasão a Las Vegas: esqueça aqueles zumbis andando devagar, com os braços esticados para a frente. No novo filme de Zack Snyder (de “Liga da Justiça”), eles são musculosos, ágeis e bem organizados. Ambientada numa Las Vegas tomada por mortos-vivos — e cercada por muros —, a produção recheada de sequências de ação conta a história de um homem que precisa cumprir uma missão arriscada: resgatar US$ 200 milhões de um cofre, em 32 horas. O diretor afirma que há uma intenção crítica por trás da trama ambientada em cassinos, e cita A noite dos mortos-vivos (1968), clássico de George A. Romero, como referência.

Supo Mungam Plus Trópico fantasma: selecionado para Quinzena dos Realizadores do Festival de Cannes e disponível nesta plataforma Supo Mungam Plus, o longa escrito e dirigido pelo belga Bas Devos segue os passos de Khadija, uma senhora imigrante na Europa que adormece no trem após um longo dia de trabalho. Ao chegar à estação final, ela decide encarar a única opção para voltar para casa: percorrer dezenas de quilômetros a pé. No caminho, esbarra com personagens que mudam sua visão de mundo.

Reserva ImovisionHoliday: o primeiro longa da diretora sueca Isabella Eklöf — uma das roteiristas do intrigante e elogiadíssimo “Border” (2018) — acompanha as férias de uma jovem dinamarquesa (Victoria Carmen Sonne) numa região paradisíaca na Turquia. Ao flertar com um turista holandês, ela desperta a fúria de seu namorado, que é rei do tráfico local, inserindo-a numa odisseia marcada por violência, abuso e humilhação. No serviço de streaming Reserva Imovision.

TV Brasil21h30Antena da Raça: o documentário dirigido por Paloma Rocha (filha de Glauber) e Luís Abramo, que integrou a seleção do Festival de Cannes de 2020, estreia diretamente na TV Brasil, amanhã. O longa recompõe o período em que Glauber Rocha, pai da diretora, apresentou o vanguardista “Programa Abertira” da TV Tupi, entre 1979 e 1980.

Now, no Google Play, na Apple TV, no iTunes e no YouTubeRaia 4:premiado no Festival de Gramado (Júri da Crítica e Fotografia), o longa que marca a estreia do diretor gaúcho Emiliano Cunha chegou quinta a plataformas on demand ( Now, no Google Play, na Apple TV, no iTunes e no YouTube). A história acompanha as descobertas de uma adolescente tímida que se vê às voltas com um interesse súbito por uma colega da equipe de natação.

Prime Me sinto bem com você: Diretor e roteirista que despontou com “Apenas o fim” (2008), Matheus Souza volta a se debruçar sobre dramas e sutilezas de relacionamentos — como também fez em “Eu não faço a menor ideia do que eu tô fazendo com a minha vida” (2012), com Clarice Falcão. Rodado em pouco mais de um mês, o filme, disponível desde sexta no Prime e estrelado pela cantora, atriz e ex-BBB Manu Gavassi, acompanha cinco histórias de amor em tempos de isolamento social.

Telecine PlayMacabro: o longa de terror de Marcos Prado chega hoje ao. A trama se inspira num caso real para repassar um crime que envolveu lendas e histórias sobrenaturais e chocou brasileiros nos anos 1990: em Nova Friburgo, na Região Serrana do Rio, Ibraihim e Henrique de Oliveira, conhecidos posteriormente como “Irmãos Necrófilos”, foram acusados de assassinar brutalmente oito mulheres, um homem e uma criança. O ator Renato Góes estrela a produção.

www.pontenordica.com.brDepartamento Q: até o fim de maio, o Festival Ponte Nórdica disponibiliza gratuitamente filmes produzidos na Dinamarca, Noruega, Finlândia e Suécia por meio do site www.pontenordica.com.br. Estão no catálogo três dos quatro filmes da franquia de sucesso “Departamento Q”, que esmiúça a resolução de crimes dramáticos. Um dos títulos, “Em busca de vingança” (2018) é o longa dinamarquês de maior bilheteria no país, e produzido pela empresa do cineasta Lars Von Trier.

Google Play, Apple TV, Now, Vivo Play e Sky PlayStardust: a cinebiografia não autorizada de David Bowie chega ao serviço on demand na próxima quarta-feira, por meio de. O longa, que põe Johnny Flynn na pele do Camaleão do Rock, reconstitui a primeira viagem do cantor aos Estados Unidos, em 1971. Na ocasião, ele promoveu o disco “The man who sold the world” e começou a elaborar para si o alter ego celestial Ziggy Stardust, que adotaria nos anos seguintes. Detalhe que faz diferença: como o filme não tem o aval da família, não há músicas do Camaleão do Rock na trilha sonora.

HBO Oslo: a nova produção da HBO, que estreia no próximo sábado, recompõe as negociações mediadas pela Noruega durante o acordo de paz entre o governo israelense e organizações palestinas, nos anos 1990. Ruth Wilson e Andrew Scott são as estrelas do elenco.

Disney+Luca: animação ambientada na Riviera Italiana, com u lindo visual e história sobre inclusão e aceitação das diferenças.

Cine Sesc em casaO anel: documentário sobre a gravação do disco O anel, de José Miguek Wisnik, com Alaíde Costa em seu 85º aniversário. Em 53 minutos, o média metragem mostra os bastidores da gravação do álbum da cantora que recorda o início de sua carreira, com início aos 10 anos, cantando Quero voltar (Custódio Mesquita, Vicente Celestino e Sadi Cabral) em um circo de subúrbio onde nasceu e se criou. Aparece em lágrimas quando canta a música título O Anel.

SÉRIES

Canal Brasil, Globoplay e YouTube 19h30todas as quartas-feiras: Para onde vamos?estreou na quarta-feira no Canal Brasil e na Globoplay, a minissérie documental Para Onde Vamos? que conta com a presença de mulheres negras ativistas falando sobre alternativas e caminhos para o futuro. É uma produção do Instituto Marielle Franco, cuja diretora é Anielle Franco, irmã da vereadora assassinada em 2018 e que está na minissérie junto com Vilma Reis, Áurea Carolina, Elaine Nascimento e Paula Beatriz, mulheres que representam toda a energia das mulheres negras brasileiras.  Haverá um mapa de todas as cidades onde há pessoas assistindo.  Esse projeto foi realizado pelas parceiras do Mulheres Negras Decidem, do Instituto Marielle Franco e produzido pela Fluxa Filmes. Todas quarta-feira de julho será lançado um episódio inédito. E no dia 25, Dia Internacional da Mulher Negra Latinoamericana e Caribenha haverá uma maratona e quem não tiver o Canal Brasil, poderá ver a minissérie no YouTube. Logo após os episódios na TV, eles já estarão disponíveis.

 

HBO Max It’s a a sin: série inglesa que aborda a chegada da Aids nos anos 1980 a partir de um grupo de jovens. O brasileiro Tatsu Carvalho interpreta o namorado de Neil Patrick Harris. Tatsu também está nas séies brasileiras Sob pressão e Arcanjo renegado da Globoplay. Também participou da série O gambito da rainha.

Netflix

Capitani: série policial de Luxemburgo com 12 episódios. O enredo transcorre na pequena Manscheid. Nadine (Claude de Demo) é mãe de duas adolescentes e dona de uma loja de artigos gerais nas ruas principais do vilarejo. Divorciada do pai das meninas, é casada com um professor de ensino médio (Raoul  Schletcher). Um dia, as garotas desaparecem sem deixar rastros. A polícia encontra o corpo de uma delas na floresta ao lado. A cada capítulo, a suspeita recai em alguém que logo se mostra inocente,. Há um doente mental que zanza pela cidade que pode saber a verdade ou está envolvido de alguma forma. Um policial de fora chega para liderar a investigação Luc Capitani (Luc Schiltz) tem passado misterioso e jeito arrogante, mas é presença positiva. Escolhe uma jovem agente local , Elsa (Sophie Mousel) para parceira. A língua local é o luxemburguês. Há uma personagem importante nasida em Lisboa que usa uma identidade fala como Sofia Santos e tem uma ligação com Luc. Mais de 30% no país são portugueses, daí sabem falar nossa língua.

Young Royals: a nova série do canal com seis episódios da primeira temporada é uma produção sueca. O príncipe Wilhelm  (Edvin Ryding) entra num prestigioso colégio interno e tem a chance de descobrir o tipo de vida que quer levar, longe das obrigações da realeza, mas vira o sucessor para o trono e começa a viver um dilema. É no colégio que o príncipe se apaixona por Simon (Omar Rudberg), começando uma relação que abala seus estudos como também abala as estruturas da família real. O entrelaçamento dos dilemas adolescentes  com o a temática LGBTQUIAP+ rende os momentos mais afetuosos da série. Pernilla August é o destaque do elenco: a expetiente atriz sueca, 63 anos, que encarna a rainha Kristinan trabalhou com Ingmar Bergman e tem uma Palma de Ouro de Cannes, em 1992, por “As melhores intenções”, de Billie August.

Atypical: estreia hoje, a quarta e última temporada da série que conta a história de Sam Gardner (Keir Gilchrist), 19 anos, no espectro autista em busca do amor e independência., enfrentando a questão do que, realmente, é ser normal.. A quarta temporada traz de volta o núcleo familiar do protagonista: a mãe Elsa (Jennifer Jason Leigh), o pai Doug ( Michael Rapaport), a irmã mais nova Casey, e o melhor amigo de Sam.

Virgin River: estreia hoje.Em uma terceira temporada com dez episódios cheios de reviravoltas, a série retorna com uma dose extra de drama na vida dos personagens com funeral, incêndio, divórcio e até um furacão. E ainda novos romances.

Sophie: Assassinato em West Cork – documentário sobre crime real.Seus três episódios narram o assassinato de Sophie Toscan du Plantier que apareceu morta no jardim de sua casa na pacata cidade irlandesa de Schull, em 1996. Tinha 39 anos e um filho pequeno do primeiro casamento. Morava em Paris com o marido, Daniel du Plantier, um importante produtor de cinema e, na França, levava uma vida glamorosa. Mas, gostava de solidão e do silêncio e, por isso, comprou  comprou seu refúgio de férias ao conhecer o lugar durante umas férias. O crime era um mistério. Em Schull foi o primeiro assassinato que aconteceu.

GloboplayUm milhão de coisas: estreia hoje a segunda parte da terceira temporada da série. A trama gira em torno de um grupo de amigos que quer aproveitar mais a vida quando um deles morre de repente. Há temas contemporâneos coo denúncias de violência doméstica e a pandemia de Covid 19.

HBO MaxGossip girl: desde ontem no canal. Este temake acompanha uma nova geração de estudantes da elite nova-iorquina em uma escola particular. Novamente, eles terão escândalos, angústias e fofocas revelados. A série abordará assuntos atuais e o quanto as redes sociais mudaram nos últimos anos.

Prime Video Chuteira preta: o drama tem 13 episódios e mostra a realidade de Kadu, um jogador de futebol que perdeu a motivação, expõe o submundo da bola, como a máfia russa de compra de resultados de partidas, corrupção de dirigentes, autoboicote dos próprios atletas e alienação religiosa e familiar. Kadu (Márcio Kieling) é o jogador de futebol em potencial que enfrenta conflitos ao entrar para valer no mundo futebolístico. Ele decide, então, voltar para sua cidade natal para voltar, onde, ao lado do tio Jair (Nuno Leal Maia), irá voltar a sentir a alegria de antes ao entrar em campo.

YouTube Preservação e Saúde: websérie com quatro episódios discute como a preservação do meio ambiente pe essencial para a manutenção da saúde humana. O dr.Dráuzio Varella fala sobre a biodiversidade da floresta amazônica e como é importante sua preservação para a saúde no primeiro vídeo da websérie, disponível no  seu canal do YouTube.  Estreou semana passada e terá, semanalmente, novos episódios durante o mês de julho.

LAZER

Parques e trilhas são lugares ao ar livre onde podemos ir sem receios de pegar a Covid 19. Desde que não haja aglomerações. No Rio, há alguns belíssimos locais:

Mirante do Caeté: a trilha desse local, no Parque Natural Municipal da Prainha, está recém-reformada. Após dois anos fechado ao público está aberto ao público. Nos finais de semana, quando o movimento é maior, há controle de entrada para não haver aglomeração. É melhor chegar cedo porque o estacionamento só tem 200 lugares. A caminhada é fácil: em cerca de 30 minutos, é possível alcançar o mirante, a 130 metros de altitude  e tem vista para as praias do Secreto e da Macumba e ainda para as pedras do Pontal e, ao fundo, da Gávea. Av. Estado da Guanabara s/nº, Recreio. Ter a dom e fer, das 6h Às 17hs. Grátis.

Forte do Leme: o nome original é Duque de Caxias, mas a maioria de refere a ele como Forte do Leme. E dá para alcançar o topo da Pedra do Leme sem muita dificuldade. Cercado pela mata, o Forte ainda é um destino pouco apreciado por quem mora no Rio. Há tucanos e micos durante os cerca de 20 minutos de caminhada, numa estrada pavimentada que leva à fortificação construída entre 1776 e 1799. Do alto, vê-se a Praia de Copacabana, Baía de Guanabara, Pão de Açúcar e Corcovado. A entrada pe limitada para que não haja aglomeração. Praça Almirante Júlio de Noronha, s/nº, Leme – 3223-5033. Ter a dom, das 9h30 Às 16hs. Grátis.

Parque Natural Dois Irmãos Dois Cariocas – Sérgio Bernardes e Alfredo Sirkis – A primeira parte do parque – recentemente rebatizado pela prefeitura com o nome do arquiteto Sérgio Bernardes e do jornalista Alfredo Sirkis – é tão atraente que muita gente pensa que o endereço se resume àquele trecho, uma área emoldurada por um belo jardim voltado para as praias de Ipanema e Lebln. Mas há mais a ver. Avance (a pé ou de carro) pela via pavimentada e haverá outros dois belos pontos mais acima, com deques de madeira debruçados para a Zona Sul e cartões- postais como Lagoa e Corcovado. Se quiser estender o passeio, almoce no Flor do Céu, charmoso restaurante dentro da comunidade Chácara do Céu (o acesso se dá por uma bifurcação de terra dentro do parque – a Guarda Municipal sabe indicar). Rua Aperana, s/nº, Leblon. Ter a dom, das 6h às 17h. Grátis.

Parque da Catacumba – à beira da Lagoa, uma caminhada no meio da mata, em cerca de 800 metros (20 minutos, em média), desemboca em dois mirantes rústicos, com deques de madeira voltados para o espelho d’água. Este pe o principal atrativo do parque, que recentemente retomou as atividades para a criançada. Por ali, mediante agendamento, o grupo Lagoa Aventuras oferece prática de arvorismo, escalada, tirolesa e rapel. Av. Epitácio er a dom, das 6h Às 17hs. Grátis.Os valores das atividades oferecidas pela Lagoa Aventuras variam de R$20 a R$80, com agendamento no site da empresa.

Parque da Cidade de Niterói – Pão de Açúcar, Pedra da Gávea, Dois Irmãos e Corcovado estarão na mesma foto que você tira do deste parque. Este é um ângulo festejado por profissionais que fotografam os contornos da geografia carioca. Fica em Niterói, no bairro de São Francisco, a 270 metros de altitude. Conta com rampa de voo livre, parquinho, área para exposições fotográficas e um simpático bistrô, que serve cafés da manhã, almoços e lanches , das 9h Às 16hs). Estrada da Viração, s/nº – São Francisco, Niterói – 2610-3157. Ter a dom, das 7h Às 18h.

LIVROS

Vladimir Nabokov:  livros “Ada ou ardor(1969), “Lições de literatura(1983) e “Lições de literatura russa(1983)foi (e ainda é) um dos escritores mais cultuados do século XX. São livros que representam o lado mais professoral do autor de “Lolita” (1955). Neles, o escritor esbanja cultura e controvérsias como sua “briguinha” com Dostoiévski. Ele dá aulas e que nos dificulta reler com benevolência alguns ídolos literários. Baseadas nos cursos que o russo naturalizado americano ministrou nos EUa entre 1941 e 1958, as “Lições” foram publicadas somente após a morte do mestre, em 2 de julho de 1977. As “lições” propõem  que a literatura não seja “tragada de um gole só”, mas ingerida ao s poucos e com reflexão. Avisa ainda que a tarefa do escritor não é relatar o real, mas criar uma realidade convonte, coerenrte e única.

Biblioteca de Felipe Neto – Com 13 milhões de seguidores no Twitter  e 13,9 milhões no Instagram, o influencer Felipe Neto ajuda a vender livros. Ele descobriu o americano Noam Chomsky em Quem manda no mundo? que ataca a política intervencionista dos EUA e a intromissão americana em outros países desde o século XIX até o governo de Barack Obama. Lê ainda Como as democracias morrem (Steven Levitsky e Daniel Ziblatt) que aborda o movimento global de guinada a regimes autoritários e reacionários; Tudo o que você precisou aprender para virar um idiota (Meteoro Brasil) uma derribada nas teorias de conspiração e em toda a seita formada pelas mentiras de Olavo de Carvalho; Hamlet (Shakespeare); Os irmãos Karamazov (Dostoiévski); Os miseráveis (Victor Hugo) .

Doramar ou a odisseia ( Todavia, R$49,90) Itamar Vieira Junior. É um ivro com 12 contos com protagonismo de mulheres de origens diferentes. O autor é o mesmo de Torto Arado.

Elvis e Madona Uma novela lilás (Bazar do tempo, R$55) – Luiz Bajoni. Dez anos após o seu lançamento, chega uma nova edição do livro que marcou uma geração, apresentando o amor da travesti Madona e da motoboy Elvis, no universo dos sonhos, desejos e violência de Copacabana. Cultuado no imaginário LGBTQIAP+, o romance ganha uma linguagem adaptada dos novos tempos.

Amores improváveis Edney Silvestre (Globo Livros) – o jornalista e escritor conta a história de quatro irmãs, filhas de imigrantes italianos, e seus amores, em uma cidade à beira da mata e rodeada por fazendas de café no fim do século XIX.

Cidade feminista (Oficina Raquel, R$ 55)- Leslie Kern. As cidades são notadamente reduto dos homens. Por meio de uma geografia de exclusão, as mulheres encontram no ambiente urbano entraves que subjugam corpos femininos. A autora faz um olhar interseccional sobre as desigualdades urbanas.

Continuo preta: A vida de Sueli Carneiro ( Companhia das Letras, R$59,90) – Bianca Santana. A jornalista retrata a trajetória de vida de uma das mais destacadas ativistas do movimento feminino negro brasileiro e da democracia no país. A obra, que pode ser lida como uma grande reportagem, passa um pente fino na militância de Sueli, em seu destacado papel dentro das organizações sociais e políticas, bem como no corajoso enfrentamento ao regime miligtar que instituiu a ditadura no Brasil.

O corpo crítico ( Companhia das Letras, R$39,90) – Jean-Claude Bernardet, 85 anos.  O autor francês há sete décadas no  Brasil é um dos mais influentes críticos de cinema do país. Em seu novo livro com nove textos entre ensaio e ficção, ele retoma um tema que, por razões pessoais, passou a ser objeto de sua reflexão há algumas décadas: a doença. Ele decidiu não tratar um câncer de próstata.

Forças especiais ( Relicário, R$52,90) – Diamela Elit. A autora chilena lançou seu novo romance no Brasil e fala da escrita como território de liberdade, olha com cautela a emancipação feminina e comenta a nova Constituinte de seu país. Ela tinha 26 anos quando um golpe militar derrubou o governo socialista de Salvador Allende. A ditadura de Augusto Pinochet baixou um toque de recolher que se estendeu até o final do regime, em 1990, e impediu uma geração inteira de sair à noite para ir aos bares e dançar. Com amigos ela fundou a CADE (Colectivo de Acciones de Arte) que fazia intervenções de rua. Ela é autora de mais de 20 livros de ficção.

PODCAST

Ciclo Modernismo 22+100A Secretaria de Cultura de São Paulo lançou o projeto Modernismo 22+100, que pretende, no centenário da Semana de Arte Moderna de 1922, refletir sobre seu legado à luz de manifestações culturais contemporâneas. Entre as ações, está a estreia, ontem, desse podcast de onde consta a série de encontros que a Secretaria de Cultura de São Paulo está gravando com uma centena de personalidades da área, como o compositor Tom Z´e o diretor teatral Zé Celso Martinez Corrêa. O episódo de estreia, “+ modernisme”, reúne o produtor cultural Konrad Dantas (KonZilla), a empresária Eliane Dias, que gerencia a carreira de Mano Brown, Liniker e Racionais MC’s, a cineasta Renata de Almeida, curadora da Mostra Internacional de Cinema de São Paulo, e o historiador Marco Antonio Villa.

MÚSICA

Ouvir os setentões e oitentões: os velhos roqueiros continuam produzindo e atraindo público de todas as idades como o bisavô Mick Jagger (79) e Keith Richards (77), os dois da banda Rolling Stones, da primeira geração do rock que chega incólume ao século XXI e produzindo, mas ainda cantam e tocam Satisfaction. Mais: Paul McCartney (79) que nem pensava em ainda estar na ativa quando compôs When I’m sixty-four e muito menos em abandonar a maconha para dar bom exemplo mesmo a cannabis sendo aceita como medicamento. Eu, hein, Paul. Vamos lá, o rebelde Bob Dylan (80), fazendo shows e gravamndo um lindo disco com versões de clássicos românticos de Frank Sinatra (da geração atropelada pelo rock). Os brasileiros Marcos e Paulo Sérgio Valle (77 e 81 anos) estão inteiraços: Marcos é parceiro de Emicida e Paulo é ciclista de primeira. Nosso Ney Matogrosso (80) tem um corpo que é um escândalo. Vamos ouví-los. Só clicar nas plataformas como Spotify (essas Dicas são de Nelson Motta em sua coluna do Segundo Caderno de O Globo).

Ana Cañas aos 40 anos, a cantora prepara o 6º álbum, baseado na obra de Belchior. Amanhã,chegam mais quatro músicas desse álbum às plataformas onde já está Coração selvagem, entre elas o clássico belchioriano Alucinação.

Cazuza – a música inédita de Cazuza, Mina, entrou no streaming no 31º aniversário da morte do cantor. Ele gravou para seu segundo álbum solo, Só se for a dois (1987, mas foi eliminada.

Lula Washington – é o lançamento desta semana do renomado violonista Lula Washington que lança seu primeiro disco solo durante a pandemia e que leva seu nome. Ele é ainda compositor, guitarrista e professor. O álbum reúne composições originais criadas ao longo dos seus 20 anos de carreira. Ele é hoje um dos principais violonistas solo no Brasiç e já se apresentou com Léo Gandelman, Carlos Malta, Nelson Sargento, Teresa Cristina, o violinista italiano Domenico Nordio e o alemão Linus Roth. Ele é integrante da Orquestra Johan Sebastian Rio e já atuou como convidado na Orquestra Sinfônica Nacional, Nova Orquestra e Orquestra de Solistas do Rio de Janeiro. O EP tem cinco faixas e influências da MPB, especialmente do choro, tango e valsa. Ele também já lançou três discos de rock autorais  e gravou com Pierre Barouh, diretor do documentário Saravah, entre outros. As músicas do EP são Choro do Pai, A Casa, Valsinha, Tangambaleando e Pagã.

Fernando Gomes Valério Hoje, ele lança no streaming cinco músicas do seu DVD gravado em Fortaleza com participação de Tarcísio e do cantor Vitor Fernandes. O pernambucano de Serrita se destaca no aboio de vaqueiros, música típica de sua terra. Aos 18 anos se tornou a maior estrela viral da música brasileira cm sua voz grave e autêntica do vaqueiro a serviço do piseiro (o novo forró que ganhou notoriedade há um ano com Barões da Pisadinho e Tarcísio do Acordeon. Recentemente, ele emplacou duas músicas no Top 50 – Brasil do Spotify: Meu pedaço de pecado (em 1º lugar) e Aquelas coisas (8º lugar).

Buarqueanas – o saxofonista e o flautista Alexandre Caldi gravou 11 faixas das músicas de Chico Buarque nesse álbum da Biscoito Fino. O Quarteto Metacústico também está na obra. Foram gravadas, entre outras, as músicas A ostra e o vento, Cotidiano, Fantasia, Noite dos mascarados, O meu amor e Rosa dos ventos.

Uma noite para Ângela Maria – lançado na última semana nas plataformas digitais, o álbum ao vivo traz 20 números musicais de tributo realizado em três noites, de 6 a 8 de junho de 2019, no teatro Sesc Vila Mariana (SP). Sob direção musical de Ronaldo Rayol, 12 artistas entraram em cena para cantar músicas de Ângela Maria (1929-2018), cantora do RJ que morreu aos 89 anos, deixando um leh=gado para intérpretes de várias gerações . Os cantores são: Agnaldo Rayol, Alaíde Costa, Alcione, As Baias, Ayrton Montarroyos, Claudette Soares, Eliana Pittman, Felipe Catto, Joanna, Márcio Gomes, Tânia Alves e Wanderléa.

SHOWS/LIVES

HOJE

14h/16h/17h/18h e às 20h 13ª edição de Circo no Beco: começa hoje em versão on-line, celebrando os 18 anos do coletivo paulistano. Até o dia 19/7, mais de cem artistas fazem apresentação para crianças e adultos. A programação está no site circonobeco.com.br.

19hs – Dentro da Série Música de Câmara, o Trio Porto Alegre estreia obra de Ernst Mahle na Sala Cecília Meirelles. Espetáculo será presencial com transmissão on line pelo YouTube da Sala e pela TV Alerj. O trio é formado por Carmelo de los Santos (violino), Hugo Pilger (violoncelo) e Ney Fialkow (piano). No programa, Alberto Nepomuceno, Ernst Mahle e Maurice Ravel.  Link para ingressos na plataforma Sympla: https://bileto.sympla.com.br/event/67997/d/101666.

Programa: Alberto Nepomuceno (1864-1920) – Trio em Fá sustenido menor: I – Molto lento – Allegro enérgico e marcato, II – Lentamente, III – Scherzo – Com spirito; IV – Largo assai e molto espressivo – Allegro; Ernst Mahle (1929) –  Trio Romântico (Estreia mundial e dedicado ao Trio Porto Alegre): I – Allegro moderato, II – Valsa, III – Allegro; Maurice Ravel(1875-1937) – Trio em lá menor: I – Modéré, II – Pantoum, III – Passacaille e IV – Final. Trio Porto Alegre: foi fundado em 1959 e desde 2006 o grupo mantém a mesma formação: Carmelo de Los Santos (violino), Hugo Pilger (violoncelo) e Ney Fialkow (piano). Já se apresentou em importantes salas de concertos do Brasil e na Alemanha, Chile e Paraguai. Em seu repertório estão compositores tradicionais da música universal, obras de compositores brasileiros como Breno Blauth, César Guerra-Peixe, Mozart Camargo Guarnieri e Heitor Villa-Lobos.

Ernst Mahle (nasceu1929, em Stuttgart, Alemanha). Chegou ao Brasil em 1951, naturalizando-se brasileiro em 1962. Tem um extenso trabalho em prol da juventude. É membro da Academia Brasileira de Música (cadeira nº 6). Em 1995, recebeu o prêmio Associação Paulista de Críticos de Arte (APCA).

21h30LEGADO (Rodriguinho, Gaab e  Mr. Dan) – participações especiais: Thiaguinho e Turma do Pagode, entre outros. youtube.com/LegadoOshow

20hsMaíra de Freitas faz live hoje e cantará “Tambor atento”, que já está nas plataformas. Ela compôs a música com a ajuda de seus seguidores no Instagram. São dez compositores que nunca se encontraram ao vivo, revela a filha de Martinho da Vila. Pelo Zoom.

SÁBADO

16 hs YouTube  – o videoclipe da música Banda e Pandeiro, de Telma Tavares e Solange Boeke, interpretada por Telma, ganha as redes sociais hoje e poderá ser acessada no canal  Youtube  da artista. A canção já estava nas principais plataformas digitai, mas só agora, ganhou versão audiovisual em um clipe produzido de forma  independente. A música esbanja suingue e um gingado bem carioca, sendo a concepção da própria cantora. Cantora, compositora e instrumentista, Telma Tavares prepara o lançamento, ainda para esse ano, de outros clipes. Banda e Pandeiro é um samba com acento  e intervenções modernas.

19hAlessandra Leãoinstagram.com/sescaovivo | youtube.com/sescsp

19hLuiz Henrique e Léo youtube.com/luizhenriqueeleo

20hs – A cantora e compositora Elba Ramalho apresenta ,hoje, uma “live” com sucessos de Gonzagão, Dominguinhos e Jackson do Pandeiro no arraial virtual ao lado de cinco instrumentistas. A transmissão ao vivo acontece no canal do Sesc Rio no YouTube (/portalsescrio).

20h30Orquestra Ouro Preto: música clássica ou rock? O público poderá decidir qual será o repertório de concerto que a Orquestra Ouro Preto faz amanhã, com transmissão ao vivo. Durante o show, os espectadores vão eleger, por meio de enquete virtual, as músicas que o grupo executará. Entre as opções estã obras de várias épocas, de beethoven e Mozart a Beatles e Rolling Stones. YouTube (/orquestraouropreto).

21hArranco de Varsóviayoutube.com/Sambabook

TEATRO

Hoje

16hs Infâmia: o novo trabalho do grupo XIX de Teatro se inspira na peça de Lilian Helmann – que resultou no filme Infâmia (1961) – para tratar da verdade em tempos de fake News. Na ficção, duas professoras se tornam alvo de discriminação após uma aluna as acusar falsamente de manter um relacionamento. A estreia é hoje com transmissões gratuitas por meio do Zoom – via Sympla (/grupoxixdeteatro). De sexta a terça, até 13 de julho.

Ela e eu – Vesperal com chuva: com Suely Franco. É o primeiro monólogo da atriz, inspirado em um conto de Lúcia Benedetti e se concentra nas memórias de uma senhora sobre fatos corriqueiros da infância, amores do passado, decepções e sonhos que ficaram para trás. A montagem pode ser vista em qualquer horário até julho, A partir de R$ 20, por meio da plataforma Funarj Em Casa. 45 minutos. Até 22 de julho.

17hs – Fragmento de um sorriso: texto: livremente inspirado em entrevistas de Elisa Lucinda. Direção: João Artigos. Com Vilma Melo. O monólogo reflete sobre a expressão “quase da família”, utilizada muitas vezes para para se referir às mulheres que prestam serviço doméstico há muitos anos numa casa. R$ 10, no site do Teatro Petra Gold. 60 minutos. Até 30 de outubro.

20 hs –  O pior de mim: Texto e atuação: Maitê Proença. Direção: Rodrigo Portella. Em cena, a atriz traz à tona momentos e características pessoais que ela sempre manteve discretos. O espetáculo é transmitido do Teatro Petra Gold. Em entrevista sobre a peça, Maitê Proença diz: “Todos somos inseguros, mesmo os que têm verniz brilhoso, como eu”. R$ 20, no site do Teatro Petra Gold. 50 minutos. 14 anos. Até 30 de outubro. On line.

20 hs –  Minha amiga John Lennon: na 21ª Conferência de Depoimentos Inúteis, uma palestrante conta um fato inusitado, que transformou sua vida durante o período de isolamento social. Sex e sábR$ 25, por meio do Sympla. 30 minutos. Até 31 de outubro. On line

20 hs – A protagonista:  texto: Carol Barbosa, Juliana Soure e Tatiane Santoro. Direção: Juliana Soure. Com Aliny Ulbricht, Carol Barbosa, Rosa Nogueira e outras. A peça acompanha o dia a dia de quatro funcionárias de uma empresa que atua de maneira remota. Sex a dom.Para ter acesso, é preciso se inscrever no Instagram (@coletivoparalelas) ou por e-mail (contato.coletivoparalelas@gmail.com). 60 minutos. 14 anos. Até 11 de outubro.

Dez por Dez – é a versão brasileira do projeto Ten by Ten criado e executado por Neil Labute, dramaturgo, roteirista e cineasta norte americano. Projeto que reúne dez monólogos com duração de dez minutos, com personagens que representam um retrato da sociedade atual. Os personagens são homens e mulheres aos 20, 30, 40, 50 e 60 anos, que contam histórias relacionadas às suas vivências. A dupla criativa que assinará a adaptação para o Brasil é formada pelos irmãos Guilherme Leme, ator, diretor de inúmeras peças e espetáculos musicais e Gustavo Leme, cineasta e um dos principais diretores de filmes publicitários do Brasil. Até 11 de julho, as dez histórias poderão ser vistas no site do Teatro Unimed, gratuitamente. Duração de 10 minutos. Elenco: mulher de 60 anos – Ângela Vieira e homem de 60 anos –Leopoldo Pacheco; mulher de 50 anos – Denise Fraga e homem de 50 anos – Eucir de Souza; mulher de 40 anos – Pathy de Jesus e homem de 40 anos – Bruno Mazzeo; mulher de 30 anos – Chandelly Braz e homem de 30 anos – Ícaro Silva; mulher de 20 anos – Luisa Arraes e homem de 20 anos – Johnny Massaro.

1 – MULHER DE 60 ANOS: Angela Vieira – mulher conta sobre um momento do seu passado, em que viveu uma relação que se resumiu a único beijo e a marcou para o resto da sua vida; #10 – HOMEM DE 60 ANOS– Leopoldo Pacheco – homem expõe seu incômodo e resistência a mudanças de hábitos e costumes na sociedade. Aos poucos, vai se revelando um racista conservador e intolerante com imigrantes; #3 – MULHER DE 50 ANOS– Denise Fraga – mulher relata uma sequência de eventos trágicos em sua vida e revela, explicitamente, o desejo pelo suicídio. No final, ela provoca o espectador, pedindo sua ajuda para fazê-la desistir desse desejo; #4 – HOMEM DE 30 ANOS – Ícaro Silva – homem conta sobre uma viagem de avião, em que fica incomodado com sua vizinha de poltrona. Quando dorme durante o voo, sonha que eles vivem uma relação amorosa conflituosa e bizarra; 5 – MULHER DE 40 ANOS-Pathy De Jesus – mulher conta sobre seu casamento, em que era frequentemente espancada e abusada emocionalmente por seu marido. Ela foge de casa e acaba se relacionando com outra mulher, encontrando, assim, um novo casamento e, ao mesmo tempo, um esconderijo; 6 – HOMEM DE 40 ANOS – Bruno Mazzeo – homem conta como o futebol faz parte fundamental de sua vida. Ele tem um filho que joga no time da escola e, acompanhando um de seus jogos, ele se envolve em uma séria briga com outro pai. Aos poucos, entendemos que ele já está morto enquanto relata a história. Bela reflexão sobre a violência nos esportes; 7 – MULHER DE 30 ANOS–  Chandelly Braz – jovem fala sobre um acidente de trânsito em que uma amiga morreu enviando uma mensagem para o namorado. Aos poucos, revela que eles viviam um triângulo amoroso na época do acidente; 8 – HOMEM DE 50 ANOS – Eucir de Souza – homem discorre sobre o orgulho de estar casado há 30 anos. Ele não se conforma com casais que se separam e famílias não-tradicionais. Aos poucos, revela-se um homofóbico radical; 9 – MULHER DE 20 ANOS– Luisa Arraes – menina traída pelo namorado passa a ter várias relações afetivas sem sentido, como forma de vingança; 2 – HOMEM DE 20 ANOS – Johnny Massaro – garoto profundamente incomodado com a iminência da calvície vai revelando aos poucos um profundo amor por sua mãe, acreditando ser ela a única mulher que o aceitará careca.

Rádio – Acordar o tempo: a websérie estrelada pela atriz Luísa Vianna acompanha o dia a dia de Ernúbia, senhora que inventa um programa de rádio em sua sala de estar para dividir pensamentos sobre a vida e canções favoritas d

Siga a abi

© 2013 ABI - Associação Brasileira de Imprensa – todos os direitos reservados -Rua Araújo Porto Alegre, 71 - Centro, Rio de Janeiro - RJ, Cep: 20030-012