1 de outubro de 2022


Denúncia do SJSP


19/01/2010


O Sindicato dos Jornalistas de São Paulo deverá protocolar nesta terça-feira, 19, uma carta à Secretaria da Segurança Pública(SSP) em repúdio à invasão da Polícia Militar à sede do sindicato, na última quinta-feira, 14, quando era realizado um ato em defesa do Programa Nacional de Direitos Humanos (PNDH). Segundo o sindicato, a intimidação teve início no dia 14, ao meio-dia, no centro de São Paulo, durante o ato de entrega de carta protocolada à Presidência da República, relacionada ao ato. Segundo o sindicato, policiais militares exigiram saber “o nome dos responsáveis” pelo evento. Às 18h, de acordo com o sindicato, um sargento da PM esteve na sede da entidade para saber que tipo de manifestação estava sendo preparada para a noite. Depois de receber explicações de que se tratava de cerimônia interna, o sargento pediu o número da carteira de identidade do Diretor André Freire. Às 21h, dois policiais militares fardados teriam invadido o auditório do sindicato afirmando que estavam cumprindo ordens superiores. Contudo, foram conduzidos à saída por membros do sindicato.

Siga a abi

© 2013 ABI - Associação Brasileira de Imprensa – todos os direitos reservados -Rua Araújo Porto Alegre, 71 - Centro, Rio de Janeiro - RJ, Cep: 20030-012