Jornal Hoje em Dia demite quase metade da redação


04/03/2016


jornal-hoje-em-dia-belo-horizonte-mg-01O jornal Hoje em Dia demitiu, no último dia 29, cerca de 40 jornalistas, o que representa quase a metade de sua redação. Segundo o Sindicato dos Jornalistas Profissionais de Minas Gerais (SJPMG), os colaboradores foram dispensados sem comunicação prévia e, por isso, sem intermediação da entidade.

A entidade acrescenta que os trabalhadores que estavam de folga durante as demissões foram procurados em casa pela empresa. Alguns, em férias, estariam sendo pressionados a ir à empresa assinar o aviso, o que é ilegal. O jornal tenta, ainda, obrigar alguns profissionais a assinarem demissão com data retroativa, acusa a entidade.

O sindicato solicitou ao Ministério do Trabalho, para essa sexta-feira, uma reunião de mediação para tratar da dispensa. A intervenção tratará do atraso no adiantamento dos salários, que deveria ter sido pago no dia 20 de janeiro e do não pagamento das férias no prazo determinado por lei, que é de 48 horas antes do início do período.

Na última semana, o sindicato recebeu do novo executivo, Luciano Resende, a promessa de resolver todas as demandas trabalhistas, garantindo ainda o pagamento do salário até o quinto dia útil de março.

Na última terça-feira (1º), o ponto do jornal Hoje em Dia amanheceu desligado. Os trabalhadores que foram demitidos na data não puderam registrar sua entrada na empresa que, segundo o sindicato, pressionou para que eles assinassem aviso de demissão com data de 29 de fevereiro.

“A intenção do jornal é tentar burlar o pagamento de indenização para os demitidos no mês que antecede o dissídio coletivo. O Sindicato está atento e colhendo provas de todas as ilegalidades praticadas pela empresa durante a demissão de cerca de 40 trabalhadores ontem e hoje”, explicou a entidade.

Siga a abi

© 2013 ABI - Associação Brasileira de Imprensa – todos os direitos reservados -Rua Araújo Porto Alegre, 71 - Centro, Rio de Janeiro - RJ, Cep: 20030-012