3 de outubro de 2022


Cultura impede financiamento de Festival de Jazz


13/07/2021


Funarte corta verba de Festival de Jazz

 

Mais um golpe desse governo na Cultura: a Funarte impede financiamento do Festival de Jazz do Capão, na Chapada Diamantina, na Bahia, pela Lei Rouanet e que acontece há dez anos. O motivo: uma publicação na página oficial do evento no Facebook em 1º de junho de 2020, onde se lê “Festival antifascista e pela democracia”.

O ex- ator Mário Frias, Secretário especial de Cultura, compartilhou o post do Twitter do Secretário de Incentivo e Fomento à Cultura André Porciúncula que celebrou a decisão, afirmando que “se quer fazer evento político/ ideológico, faça com dinheiro privado”.  O diretor -geral da Funarte Marcelo Nery Costa – nomeado pelo general Luiz Eduardo Ramos, em maio – admite que não pode analisar todos os documentos que assina e que não estaria apto a contestar as razões de um técnico concursado, referindo-se ao assessor técnico que assinou o parecer, Ronaldo Gomes, exonerado do cargo na semana seguinte à publicação do documento em 1º de julho.

Enquanto isso, o documento tem citações em latim e alemão, além de argumentos com teor religioso, tendo início com uma frase atribuída ao compositor clássico Johann Sebastian Bach, criado na fé protestante, e defensor do conceito de que toda a música seria “de Glória a Deus e a renovação da alma”. Traz ainda citações do filósofo Schopenhauer e cantos litúrgicos, ressaltando que “por inspiração do canto gregoriano, a música pode ser vista como uma Arte Divina, onde as vozes em união se direcionam a Deus”. E que “a Arte é tão singular que pode ser associada ao Criador”.

Siga a abi

© 2013 ABI - Associação Brasileira de Imprensa – todos os direitos reservados -Rua Araújo Porto Alegre, 71 - Centro, Rio de Janeiro - RJ, Cep: 20030-012