3 de outubro de 2022


Crise e sequestro da camisa da seleção brasileira de futebol


06/09/2021


Marcos Gomes é jornalista, membro da Comissão de Cultura e Lazer da ABI
O ABI Esporte nesta segunda-feira, 6, traz o tema a captura da camisa da seleção brasileira pelos bolsonaristas, como demonstra o livro Amarelo Desbotado, do jornalista Mattheus Reis, que descreve a crise e o sequestro da famosa amarelinha.
O programa vai ao ar às 19h30, pelo canal da ABI no Youtube – bit.ly/3uZn84f -, com a participação da professora da UERJ, Leda Costa e apresentação do jornalista Marcos Gomes.
  O livro aborda entre outras passagens O impeachment de Dilma Russef; o governo Temer e as  eleições de 2018, assim como também, as crises precoces do bolsonarismo.
O professor Ronaldo Helal, autor do prefácio, constata  que “a camisa da seleção brasileira de futebol masculino passou a representar de uns tempos para cá, a adesão a um grupo político considerado de direita e até de extrema-direita no Brasil” e, antecipa algumas indagações  respondidas pelo autor:
        – Qual o significado atual da camisa da seleção brasileira de futebol? Por que grupos mais identificados com o espectro do que se convencionou chamar de direita se utilizam dela em suas manifestações? Como essa utilização e apropriação passaram a exercer uma coerção a quem não se identifica com esses grupos? Muitos torcedores da seleção se sentem desconfortáveis de vestir a amarelinha. Como isso foi e é possível? E o mais importante: o que o jornalismo do programa Fantástico, da Rede Globo de Televisão, tem a ver com tudo isso? Como um outro jornalismo seria possível?

Siga a abi

© 2013 ABI - Associação Brasileira de Imprensa – todos os direitos reservados -Rua Araújo Porto Alegre, 71 - Centro, Rio de Janeiro - RJ, Cep: 20030-012