1 de outubro de 2022


Cresce número de mortes de jornalistas


03/03/2009


A ONG Presse Emblème Campagne (PEC) denunciou nesta segunda-feira, dia 2, o assassinato de 26 profissionais da imprensa somente nos dois primeiros meses de 2009, sendo 15 em janeiro e 11 em fevereiro. O dado é superior ao registrado no mesmo período em 2008, quando foram mortos 16 jornalistas no exercício da profissão. De acordo com o relatório da ONG — que luta por segurança e proteção a jornalistas em zonas de conflito — as mortes foram registradas em Gaza(4), Paquistão(4), Somália(2), Rússia(2), México(2), Sri Lanka(2), Nepal(2), Venezuela(2), Iraque(2), Quênia(1), Filipinas(1), Madagascar(1) e Colômbia(1).

Siga a abi

© 2013 ABI - Associação Brasileira de Imprensa – todos os direitos reservados -Rua Araújo Porto Alegre, 71 - Centro, Rio de Janeiro - RJ, Cep: 20030-012