8 de agosto de 2022


Conselho Deliberativo da ABI: mais uma injustiça que fere a Liberdade de expressão. Milton Temer não é antissemita


29/07/2021


MILTON TEMER NÃO É ANTISSEMITA

Milton Temer já foi vice presidente da ABI e, por duas vezes, eleito para o Conselho Deliberativo dessa Casa. Como o conhecemos, nós, integrantes do Conselho (somos 90 jornalistas, entre efetivos e suplentes)  somos testemunhas das boas causas que sempre defendeu – nunca virou as costas quando se trata de defender direitos humanos, democracia, e outras causas humanitárias de qualquer natureza.

É assim que ele é.  Por aí é que se explica sua lealdade e coragem na defesa da causa palestina, contra os insistentes bombardeios do exército israelense aos povos árabes, atingindo, não raramente, populações civis indefesas. O que Milton Temer sempre combateu – e quem o conhece minimamente sabe disso –  foi a política beligerante e agressiva dos governos israelenses. Mas isso não dá à vereadora que o processa o direito de insultá-lo publicamente de antissemita. Isso é um insulto inaceitável para quem abomina qualquer tipo de preconceito contra o povo judeu, ainda que não concorde com as práticas do governo israelense. Milton Temer respeita o povo judeu, tem incontáveis amigos judeus e, como exemplo, o presidente do nosso Conselho que assina essa manifestação de solidariedade, Fichel Davit Chargel, também é judeu.   Curioso é que a juíza que o condenou aceitou integralmente os argumentos da vereadora sem se dar conta que foi ela, vereadora, a verdadeira agressora. E decidiu-se por uma sentença “invertida”, condenando quem foi agredido. E ainda que tivesse sido agressivo, Milton Temer estaria utilizando o que em Direito se chama “retorsão imediata”, que afasta a ilicitude da injúria retorquida ao agressor originário.

CRÍTICOS DO GOVERNO DE ISRAEL
NEM SEMPRE SÃO ANTISSEMITAS

Muita, muita, muita gente por esse mundo afora faz as mais duras críticas aos bombardeios do exército israelense contra os povos árabes. E não são antissemitas.  Inclusive, muitas dessas pessoas estão em Israel, são judias. No facebook  do Milton Temer é possível encontrar referências, por exemplo, a Ofer Cassif, deputado israelense, judeu e, tal qual Milton Temer, ativista social que acredita que o povo árabe não merece tanta bomba explodindo em suas cabeças.

A JUSTIÇA PRECISA FAZER JUSTIÇA

Nós, do Conselho Deliberativo da Associação Brasileira de Imprensa (ABI), conhecemos Milton Temer (muitos de nós há mais de 50 anos) e podemos atestar a lisura com que sempre levou sua vida.  Além de ter  sido ele o agredido, caracterizando uma gigantesca injustiça, essa condenação agride igualmente a liberdade de expressão garantida pela Constituição da República Federativa do Brasil. Nossa expectativa é a mesma já exposta pelo presidente da ABI, Paulo Jerônimo. Em mensagem a Milton Temer, lembrou “que essa injusta decisão contrariou parecer do Ministério Público” e reafirmou “a certeza de que ela será revista quando seu recurso for apreciado na segunda instância do Judiciário”.

Siga a abi

© 2013 ABI - Associação Brasileira de Imprensa – todos os direitos reservados -Rua Araújo Porto Alegre, 71 - Centro, Rio de Janeiro - RJ, Cep: 20030-012