9 de agosto de 2022


Comunicação e Sociedade Civil: Pesquisas, desafios e direitos. Hoje, 6/5, no Youtube da ABI


06/05/2021


 

 

 

Comunicação e Sociedade Civil: Pesquisas, desafios e direitos

Comunicação é poder e a sociedade civil sabe disso. Num jogo político e organizativo que envolve tática e estratégia; recursos individuais e frentes de batalha coletivas, as estruturas nascidas no seio da sociedade, em particular do campo democrático-popular, buscam formas de organizar suas ações comunicativas, e assim, ampliar a incidência de suas ações e disputar narrativas junto à sociedade. Como campo de batalha, temos a internet e toda arquitetura desse admirável e complexo mundo digital, conectado e interligado no qual vivemos. No entanto, o quanto, de fato, as organizações e entidades civis compreendem isso?

Para levantar esse debate, o ABI Rumos da Comunicação traz dois jornalistas duplamente comprometidos com essa temática, tanto no campo profissional como no campo da pesquisa. Eles vão abordar aqui, o encontro dessas experiências que nós acreditamos serem sinérgicas e promotoras de direitos: direito à saúde, direito à soberania alimentar, direito a novos modelos agrícolas, direito à comunicação.

Bruno Cesar Dias é formado em Comunicação pela ECO/UFRJ, com passagens por veículos da imprensa sindical e comercial, mestre em Saúde Pública pela ENSP/Fiocruz e atualmente é coordenador de Comunicação da Associação Brasileira de Saúde Coletiva – a ABRASCO. Suas pesquisas têm articulado o trabalho de comunicação das entidades da sociedade civil da saúde no meio digital e essa produção como exercício do controle social e do direito à saúde.

Viviane dos Santos Brochardt é Formada em Comunicação pela Universidade Católica de Pernambuco, tendo desempenhado diversas atividades de comunicação e consultoria em instituições públicas governamentais e movimentos sociais, é mestra e doutora em Comunicação pela UnB, e atualmente assessora de comunicação da Articulação Nacional de Agroecologia (ANA), concertação que mobiliza organizações, redes e movimento sociais em todo o País. Suas pesquisas têm investigado os sentidos que temas como agrotóxicos têm encontrado e reverberado na mídia comercial e como discursos e produções sobre os mesmos são organizadores de interesses econômicos e lutas sociais.

Para mediar, Andrea Penna, diretora de jornalismo da ABI.

Siga a abi

© 2013 ABI - Associação Brasileira de Imprensa – todos os direitos reservados -Rua Araújo Porto Alegre, 71 - Centro, Rio de Janeiro - RJ, Cep: 20030-012