Comissão de Direitos Humanos da ABI condena legislação que atinge movimentos sociais


19/02/2014


“A Comissão de Defesa da Liberdade de Imprensa e Direitos Humanos da ABI considera uma afronta à democracia a tentativa de parlamentares em apresentar projeto de lei autoritário, que eles julgam representar o combate ao terrorismo, mas que na prática tem o objetivo claro de atingir os movimentos sociais e as justas manifestações populares.

A Comissão também lamenta o tipo de cobertura dos meios de comunicação tradicionais que serve a interesses conservadores, em nada diferente de tempos passados que levaram o país a um retrocesso a partir de abril de 1964.

O combate a eventuais excessos não necessita de legislação especial, até porque já existe uma legislação penal capaz de coibi-los.

A Comissão da ABI exorta as autoridades e os meios de comunicação a investigarem com rigor, sem manipulações, quem são os verdadeiros responsáveis pelos excessos apresentados com destaque nas coberturas jornalísticas que demonizam as manifestações populares.

Mario Augusto Jakobskind (Presidente)
Daniel Mazola (Secretário)”

Siga a abi

© 2013 ABI - Associação Brasileira de Imprensa – todos os direitos reservados -Rua Araújo Porto Alegre, 71 - Centro, Rio de Janeiro - RJ, Cep: 20030-012