2 de dezembro de 2022


Cinegrafista morre cobrindo ofensiva militar no Iraque


19/06/2017


Batalha em Mossul, (Imagem: Reprodução)

Um jornalista de televisão morreu neste sábado quando trabalhava na cobertura da ofensiva militar das forças de segurança para retomar a cidade de Mossul, no Iraque, do grupo extremista Estado Islâmico (EI), anunciou o canal Al Sumaria TV.

O câmera Ali Raysan morreu quando cobria a batalha perto da localidade de Al-Shura, ao sul de Mossul, informou a emissora em seu site oficial.

É o segundo jornalista iraquiano morto em dois dias. Na sexta-feira, um profissional do canal turcomano Ili foi alvejado por um atirador do EI em Kirkuk, onde prosseguem os confrontos.

O grupo EI assumiu o controle de Mossul em junho de 2014 e instaurou um autoproclamado califado em territórios ocupados entre o Iraque e a Síria.

Forças de segurança iraquianas iniciaram na segunda-feira uma grande ofensiva para recuperar a cidade, reduto do EI e segunda maior metrópole do país.

 

 

 

Siga a abi

© 2013 ABI - Associação Brasileira de Imprensa – todos os direitos reservados -Rua Araújo Porto Alegre, 71 - Centro, Rio de Janeiro - RJ, Cep: 20030-012