Caso Tim Lopes: recompensa aumenta


10/08/2010


O Disque-Denúncia do Rio de Janeiro aumentou de R$ 2 mil para R$ 10 mil, o valor da recompensa oferecida por informações sobre o traficante Elizeu Ferreira de Souza, o Zeu, condenado a 23 anos e meio de prisão pelo assassinato do jornalista Tim Lopes, em 2002, na Vila Cruzeiro.
 
O jornalista estava no local investigando denúncias de tráfico de drogas e prostituição nos bailes funk. Em 2007, após cumprir cinco anos da sentença, o traficante foi beneficiado pelo regime semi-aberto e fugiu.
 
O programa “Fantástico”, da Rede Globo, exibiu no último domingo, dia 8, imagens do criminoso vendendo drogas no Morro do Alemão. Antes da veiculação da matéria, o Disque-Denúncia recebeu 109 ligações alertando sobre a presença do traficante no local.
 
A organização internacional Repórteres Sem Fronteiras(RSF) divulgou comunicado nesta terça-feira, dia 10, em protesto contra a impunidade:
—É incompreensível que as autoridades do Rio permitam uma situação que constitui uma ofensa à memória de Tim Lopes, diz a nota.
*Com informações do Disque-Denúncia.

Siga a abi

© 2013 ABI - Associação Brasileira de Imprensa – todos os direitos reservados -Rua Araújo Porto Alegre, 71 - Centro, Rio de Janeiro - RJ, Cep: 20030-012