Ataque a canal de TV mata quatro em Bagdá


26/07/2010


Um ataque suicida no Centro de Bagdá contra as instalações do canal árabe de TV por satélite Al-Arabiya matou, nesta segunda-feira, 26 de julho, quatro funcionários da estação e duas pessoas que passavam pelo local, deixando outras dez feridas. O atentado ocorreu um mês depois de os terroristas terem ameaçado atingir o órgão de comunicação, que é financiado pela Arábia Saudita.
 
O ataque foi considerado “mais um desafio às autoridades” pelo Secretário-geral da Federação Internacional de Jornalistas (FIJ), Aidan White. Ele lamentou os poucos resultados obtidos nas investigações sobre assassinatos de jornalistas ocorridos nos últimos anos no Iraque, onde se instalou um “intolerável regime de impunidade” e em alguns casos se observa ausência total de busca de soluções.
Aidan White conclamou o governo a “mudar a sua abordagem e a garantir que os assassinos de jornalistas e trabalhadores da mídia sejam levados perante a Justiça”. O dirigente da FIJ ressaltou que este caso mostra que “os perigos de relatar a tensa situação política no Iraque continuam tão grandes como sempre foram”.

* Com informações da FIJ.

Siga a abi

© 2013 ABI - Associação Brasileira de Imprensa – todos os direitos reservados -Rua Araújo Porto Alegre, 71 - Centro, Rio de Janeiro - RJ, Cep: 20030-012