16 de agosto de 2022


ABI repudia intimidação ao colunista Celso de Barros


26/05/2021


A partir de pedido feito por dois senadores governistas, cúmplices da política negacionista e genocida do desgoverno Bolsonaro, a Polícia do Senado decidiu investigar o sociólogo Celso Rocha de Barros, colunista da Folha de S. Paulo, que, em artigo publicado em 10 de maio, afirmou que estes parlamentares integram o “Consultório do Crime”.

A ação da Polícia do Senado é mais uma tentativa de “normalizar” ações autoritárias, que têm caracterizado o governo Jair Bolsonaro. Desta vez, com a cumplicidade da Presidência daquela Casa, eleita com o apoio decisivo dos bolsonaristas.

A Associação Brasileira de Imprensa (ABI) considera inaceitável que um órgão, que deveria ser meramente burocrático, vire censor e, afrontando a Constituição, aja com o objetivo de intimidar e censurar um colunista e um veículo de comunicação.

Cabe aos senadores democratas exigirem o imediato arquivamento desta investigação ilegal e cobrar da Mesa do Senado que, em defesa das liberdades de expressão e de imprensa, este tipo de ação não se repita,.

 

Paulo Jeronimo
Presidente da ABI

Siga a abi

© 2013 ABI - Associação Brasileira de Imprensa – todos os direitos reservados -Rua Araújo Porto Alegre, 71 - Centro, Rio de Janeiro - RJ, Cep: 20030-012