12 de agosto de 2022


ABI presta solidariedade e apoio a Guilherme Amado


19/01/2021


Colunista da Época, Guilherme -Amado – Foto : Alice Vergueiro

Em contato telefônico com o jornalista Guilherme Amado, nesta terça-feira, 19, o  presidente da ABI, Paulo Jeronimo, manifestou solidariedade ao colunista da revista Época, que foi intimado pela Procuradoria Geral da República (PGR) a apresentar documentos que obteve da Agência Brasileira de Inteligência ( Abin), órgão do governo federal no legítimo  exercício de sua profissão.  Amado foi informado por Jeronimo que poderá contar com apoio jurídico da  ABI, com a possibilidade de a Casa do Jornalista atuar como  “amicus curiae” em processo.

O jornalista virou alvo da PGR ao publicar matérias de interesse público, informando à sociedade que a ABIN, órgão do governo federal, produziu relatórios para orientar a defesa do senador Flávio Bolsonaro, um dos filhos do presidente Jair Bolsonaro, a pedir a anulação do caso Fabrício  Queiroz. Os documentos foram revelados pela revista “Época”.

Segundo a “Época”, nesses documentos a Abin especifica a finalidade de defender Flávio Bolsonaro no crime das rachadinhas (desvio de salários de funcionários do gabinete) da Assembleia Legislativa do Estado do Rio de Janeiro; sugere a substituição dos “postos”, em referência a servidores da Receita Federal; e traça uma “manobra tripla” para tentar conseguir os documentos que a defesa de Flávio espera.

De acordo com a revista, os relatórios da Abin foram enviados em setembro, por WhatsApp, a Flávio, que os repassou aos seus advogados.

 

Siga a abi

© 2013 ABI - Associação Brasileira de Imprensa – todos os direitos reservados -Rua Araújo Porto Alegre, 71 - Centro, Rio de Janeiro - RJ, Cep: 20030-012