ABI lamenta a morte de Milton Bellintani, que atuou na Comissão da Verdade-SP


03/11/2015


Milton Bellintani

Milton Bellintani

“A Associação Brasileira de Imprensa comunica com pesar a morte do jornalista Milton Bellintani, 56 anos, que coordenou os trabalhos da Comissão da Verdade do Sindicato dos Jornalistas do Estado de São Paulo nos últimos três anos, e que preparava o seu relatório final sobre o assunto. Jornalista há mais de três décadas, Bellintani trabalhou na Editora Abril (revistas Cláudia, Capricho e Placar) e Símbolo, colaborou com inúmeras publicações (como Neo Interativa e Raça Brasil), além de dirigir o Canal Universitário de São Paulo e o Departamento de Jornalismo da Uniban. Ele atuava com temas de direitos humanos há mais de 30 anos, com foco na verdade, memória e justiça. Atualmente, era Diretor do Núcleo de Preservação da Memória Política e voluntário e Diretor-Executivo da Escola do Parlamento da Câmara Municipal de São Paulo.

Bellintani coordenou o curso de complementação universitária “Descobrir São Paulo – Descobrir-se Repórter”, do projeto “Repórter do Futuro” e foi ombudsman do Contraponto – jornal-laboratório do curso de jornalismo da PUC/SP (2012-2013). De 2005 a 2008 atuou no Terceiro Setor, em projetos de comunicação da Fundação Kellogg para a América Latina e da Comissão Econômica para a América Latina e o Caribe das Nações Unidas. Desenvolveu, ainda, projetos editoriais voltados à inclusão de pessoas com deficiência desde 2005. A cerimônia de cremação acontece nesta quarta-feira, 4 de novembro, às 12h30, no crematório da Vila Alpina.

Arcírio Gouvêa, Diretor do DAS”

Siga a abi

© 2013 ABI - Associação Brasileira de Imprensa – todos os direitos reservados -Rua Araújo Porto Alegre, 71 - Centro, Rio de Janeiro - RJ, Cep: 20030-012