12 de agosto de 2022


ABI: Execução de Marielle é atentado à democracia


15/03/2018


A vereadora Marielle Franco (PSOL-RJ)

 

Segundo as primeiras informações da polícia, bandidos em um carro emparelharam ao lado do veículo onde estava a vereadora e dispararam. Marielle foi atingida com pelo menos quatro tiros na cabeça. A perícia encontrou nove cápsulas de tiros no local. Os criminosos fugiram sem levar nada.

A assessora da vereadora atingida pelos estilhaços foi levada para o Hospital Souza Aguiar e liberada. Em seguida, ela foi levada para prestar depoimento na Delegacia de Homicídios. A polícia não deu detalhes do depoimento. Informações da polícia dão conta de que os assassinam sabiam exatamente  da posição da vereadora dentro do carro: ela estava no banco de trás.

O presidente Michel Temer convocou uma reunião de emergência com ministros e assessores da área de Segurança Nacional. Temer disse que a execução da vereadora foi um ato de “extrema covardia” e prestou solidariedade a parentes e amigos da parlamentar.

O corpo de Marielle Franco e do motorista Anderson Pedro Gomes está sendo velado na Câmara dos Vereadores a partir das 11h desta quinta-feira (15).

O sepultamento de Marielle Franco será no Cemitério do Caju nesta quinta-feira às 16h30m. Já Anderson Pedro Gomes será sepultado no Cemitério de Inhaúma, às 16h30m.

Siga a abi

© 2013 ABI - Associação Brasileira de Imprensa – todos os direitos reservados -Rua Araújo Porto Alegre, 71 - Centro, Rio de Janeiro - RJ, Cep: 20030-012