12 de agosto de 2022


ABI repudia subserviência
de ministro


21/09/2020


As entidades que assinam esta nota condenam a postura subserviente do atual Ministro das Relações Exteriores do Brasil ao aceitar encontrar-se com o Secretário de Estado dos EUA, Mike Pompeo, em Boa Vista, Roraima, na fronteira com a Venezuela.

Tal fato constitui uma ação inteiramente contrária à política consagrada pelo Itamaraty, ao longo da história, de zelar pela estabilidade das fronteiras brasileiras, bem como pelo convívio pacífico e respeitoso com nossos vizinhos, fundamentos da nossa soberania.

Endossamos, assim, as críticas a essa atitude do governo brasileiro que foram manifestadas pelos ex-Ministros de Relações Exteriores – Fernando Henrique Cardoso, Francisco Rezek, Celso Amorim, Celso Lafer, José Serra e Aloysio Nunes Ferreira – e pelo Presidente da Câmara dos Deputados, Rodrigo Maia, que ressaltou a importância de serem respeitados os princípios fundamentais da Constituição Federal que orientam as relações internacionais do País: (I) independência nacional; (III) autodeterminação dos povos; (IV) não-intervenção; e (V) defesa da paz.

Reiteramos nosso compromisso em defesa da democracia, da soberania nacional, da paz e do desenvolvimento econômico sustentável e inclusivo do Brasil.

Associação Brasileira de Imprensa (ABI)
Clube de Engenharia
Sociedade Brasileira para o Progresso da Ciência (SBPC)
Rio de Janeiro, 21 de setembro de 2020.

Siga a abi

© 2013 ABI - Associação Brasileira de Imprensa – todos os direitos reservados -Rua Araújo Porto Alegre, 71 - Centro, Rio de Janeiro - RJ, Cep: 20030-012